Princesa Leia não voltará em CGI nos próximos filmes de Star Wars

Por Redação | 14 de Janeiro de 2017 às 14h34

Em dezembro de 2016, Carrie Fisher, conhecida por representar a famosa personagem Leia Organa em Star Wars, faleceu e deixou milhões de fãs tristes. No entanto, após sua morte, uma pergunta surgiu: como a Disney terminaria a nova trilogia da saga?

A atriz representou o papel icônico em Star Wars: O Despertar da Força e a ideia era que ela voltasse no Episódio VIII da franquia. Especulações sobre como a empresa iria continuar a produção sem Carrie começaram a circular pela internet. Uma das teorias era que a Disney usaria CGI para recriar a imagem da personagem.

A possibilidade gerou indignação entre alguns fãs, tanto que a LucasFilm quebrou sua tradição ao divulgar uma declaração oficial negando que tais planos estivessem em andamento. A nota foi divulgada no site oficial de Star Wars.

"Normalmente, não respondemos a especulações de fã e imprensa, mas há um rumor que gostaríamos de abordar. Queremos garantir aos nossos fãs que a LucasFilm não tem planos de recriar digitalmente o desempenho de Carrie Fisher como princesa ou general Leia Organa", diz a mensagem. "Ainda estamos sofrendo com a perda dela. Nós valorizamos a sua memória e legado como princesa Leia, e sempre nos esforçaremos para honrar tudo o que ela deu à Star Wars."

A personagem de Carrie já tinha já sido digitalmente recriada com o auxílio da tecnologia CGI em Rogue One: Uma história Star Wars como uma versão mais jovem de si mesma. O filme também contou com uma versão em CGI de Grand Moff Tarkin, representado pelo ator Peter Cushing.

Star Wars Episódio VIII, dirigido por Rian Johnson, chegará aos cinemas em 15 de dezembro de 2017.

Fonte: Star Wars

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.