Luke Skywalker estará de volta em Star Wars: Episódio VIII

Por Redação | 25 de Novembro de 2015 às 14h39

As dúvidas de quem acreditava que o ainda sumido Luke Skywalker não teria uma participação tão grande na “nova nova” trilogia de Star Wars foram derrubadas quando o próprio intérprete do personagem, Mark Hamill, divulgou seu retorno para o próximo filme. Pelo Twitter, o ator confirmou sua presença no Episódio VIII afirmando que a última vez que se barbeou foi em outubro, de forma a se caracterizar para mais uma etapa como o Jedi.

O destino do personagem ainda é desconhecido. Há quem diga que ele estará no lado negro da Força nesta nova versão, enquanto outros apostam as fichas até mesmo em uma morte do personagem, aos moldes de Obi-Wan Kenobi na Velha Trilogia. Desta maneira, ele retornaria mais ou menos como seu mentor, em flashbacks ou como um fantasma, guiando os destinos dos novos personagens.

Com lançamento previsto para 2017, Star Wars: Episódio VIII ainda não tem subtítulo, mas será escrito e dirigido por Rian Johnson. O cineasta é responsável por filmes como Looper e alguns episódios importantes de Breaking Bad, e deve começar a gravar o novo capítulo da saga espacial no ano que vem, junto com atores como Benicio Del Toro e Oscar Isaac. Outros, como John Boyega, Daisy Ridley, Harrison Ford e Carrie Fisher também são esperados, mas ainda não foram confirmados.

Enquanto os olhares de alguns já se voltam para a sequência, o mundo mortal ainda espera a estreia de O Despertar da Força, marcada no Brasil para o próximo dia 17. Até lá, os fãs mais preocupados com a história devem ter certo cuidado no acesso à internet, pois já estão vazando spoilers do longa, frutos de exibições prévias ou sessões exclusivas para a imprensa e convidados.

Não vamos citar os detalhes do enredo aqui, mas eles envolvem os momentos iniciais da trama, como detalhes sobre a participação de Lupita Nyong’o e Max Von Sydow, além de a maneira como se dá o envolvimento entre personagens como Han Solo e Leia Organa com os novatos Rey e Finn. Se quiser saber mais, vale a pena dar uma olhada na reportagem do The Guardian. Caso contrário, é melhor tomar cuidado por aí.

Fontes: Mark Hamill (Twitter), The Guardian