Filme Mulher-Maravilha é banido do Líbano; entenda

Por Redação | 31 de Maio de 2017 às 20h25
photo_camera Divulgação

Duas horas antes da estreia de Mulher-Maravilha no Líbano, o filme foi banido do país. De acordo com informações divulgadas nesta quarta-feira (31), a proibição aconteceu porque a protagonista do longa, Gal Gardot, é israelense.

O responsável pela iniciativa foi o grupo Campanha para Boicotar Apoiadores de Israel-Líbano, que vem pressionando o governo libanês a banir o longa sob o argumento de que a atriz defende as políticas militares de Israel contra a Faixa de Gaza.

Até a última terça-feira (30), não havia sido feito um pedido oficial, por isso aparentemente estava tudo pronto para a estreia. Apesar disso, hoje pela manhã a proibição foi anunciada pelo Grand Cinemas do Líbano através do Twitter.

Mulher-Maravilha tem data marcada para chegar aos cinemas brasileiros na quinta-feira, dia 1º de junho.

Via AdoroCinema