Esquadrão Suicida | CEO da WarnerMedia diz que não haverá um "AyerCut"

Esquadrão Suicida | CEO da WarnerMedia diz que não haverá um "AyerCut"

Por Laísa Trojaike | Editado por Luciana Zaramela | 23 de Março de 2021 às 18h20
Warner Bros.

Eis que chega uma má notícia para quem estava esperando o novo corte de Esquadrão Suicida. Em uma entrevista ao jornal Variety, a CEO da WarnerMedia, Ann Sarnoff, revelou que a DC Films não fará mais “cortes do diretor”, o que inclui uma possível versão do filme originalmente lançado em 2016, editada pelo diretor David Ayer. Zack Snyder's Justice League, portanto, teria sido uma exceção.

Durante a entrevista, Sarnoff comentou sobre a demanda dos fãs, que foram os grandes responsáveis pela existência do corte de quatro horas de Liga da Justiça. O público que gostou muito do novo corte iniciou uma nova campanha pela sequência do SnyderCut.

Will Smith e David Ayer no set de Esquadrão Suicida (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)

Sarnoff, no entanto, alertou que a WarnerMedia é "grata por suas muitas contribuições para DC", mas que a trilogia do diretor foi encerrada. Quando questionada especificamente sobre o Esquadrão Suicida de David Ayer, Sarnoff foi direta: "Não vamos desenvolver o corte de David Ayer."

Com isso, os fãs da versão de 2016 precisarão esperar pelo novo título dirigido por James Gunn, de Guardiões da Galáxia. O longa é um meio-termo entre reboot e remake, o que é um pouco confuso, mas explica o retorno de parte do elenco do primeiro filme. O Esquadrão Suicida tem estreia prevista para 5 de agosto no Brasil.

Fonte: CBR

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.