Ben Affleck será o diretor do próximo filme do Batman

Por Redação | 10.07.2015 às 13:27

Ao que parece, o visual do Homem-Morcego em Batman versus Superman: A Origem da Justiça não é a única novidade relacionada ao personagem vindo da San Diego Comic-Con. A Warner aproveitou que todas as atenções do evento estão voltadas aos seus heróis para anunciar que, além de interpretar o personagem, o ator Ben Affleck vai também dirigir o próximo filme do Cavaleiro das Trevas.

Esse era um rumor que circulava pela internet desde que foi revelado que ele assumiria o manto do morcego, mas que só agora se torna oficial. Além disso, segundo o site Deadline, Affleck também vai trabalhar no roteiro do longa ao lado do chefe da divisão criativa da DC Comic, Geoff Johns.

A ideia é que a primeira versão do script esteja pronta até o fim deste ano para que ele comece a ser produzido apenas em 2017. Essa demora deve acontecer porque, apesar de tudo já estar definido dentro da Warner para que Affleck continue trabalhando com o Batman, ele vai estar ocupado até o fim de 2016 com seu próximo filme, Live by Night.

Batman vs Superman

Desse modo, o próximo longa estrelado pelo Homem-Morcego deve chegar aos cinemas somente entre 2018 e 2019 — ou seja, antes das adaptações de outros heróis da DC, como Ciborgue e Lanterna Verde, mas depois de Liga da Justiça.

Conforme o site Hollywood Reporter já havia noticiado anteriormente, assumir a direção de um filme solo do Cavaleiro das Trevas teria sido uma exigência de Ben Affleck quando lhe ofereceram o papel do personagem em Batman versus Superman. E, se tudo isso soava apenas como um belo rumor ao longo dos últimos meses, a Comic-Con veio para mostrar que era tudo real.

O lado bom é que, se a escolha de Affleck para viver Bruce Wayne nas telonas gerou muitas críticas por conta das dúvidas em torno de suas habilidades de interpretação, o mesmo não acontece com a direção. Ele já se provou mais do que apto a comandar uma superprodução, tendo inclusive ganhado o Oscar Melhor diretor em 2013 por Argo.

Via: Deadline, Business Insider, Hollywood Reporter