Após anúncio do Oscar, BAFTA 2021 também é adiado e divulga novas regras

Por Laísa Trojaike | 16 de Junho de 2020 às 16h20
Reprodução

O BAFTA, que já teve sua premiação de 2020 voltada para o cinema e fará ainda este ano sua edição televisiva, seguirá o exemplo do Oscar e fará alterações temporárias em suas regras de elegibilidade para a premiação de 2021, além de adiar a cerimônia.

A premiação britânica leva em conta o fato de as salas de cinema do Reino Unido estarem fechadas desde o dia 20 de março em decorrência da pandemia do novo coronavírus, o que fez com que muitas produtoras adiassem a estreia dos filmes ou os lançasse diretamente em plataformas de streaming ou sob demanda (VoD). Com isso, a premiação entende que não estará penalizando os títulos que optaram por abrir mão das grandes telas, pois o governo do Reino Unido prevê apenas para o dia 4 de julho (data a ser confirmada) a reabertura dos cinemas como parte da reabertura gradual do comércio.

Imagem: Reprodução

As mudanças propostas pelo BAFTA foram feitas após consultas com a indústria e ainda passarão por revisões no final de julho. Antes disso, os responsáveis levarão em consideração quaisquer outras mudanças relacionadas à produção, distribuição e exibição de filmes. O BAFTA também confirmou que a premiação do próximo ano será realizada em 11 de abril de 2021, dois meses após à data anteriormente divulgada, que marcava a premiação para o dia 14 de fevereiro. A nova data do evento ainda será confirmada e pode sofrer alterações.

Em declaração oficial, Marc Samuelson, presidente do comitê de filmes de BAFTA, comentou sobre as mudanças:

Adiamos dois meses para dar a todos os filmes a melhor chance possível de serem lançados e considerados adequadamente. À medida que os cinemas reabrem gradualmente, sabemos que os principais lançamentos vão dominar as telas. Relaxar a escala da versão de cinema necessária, incluindo versões lançadas em VoD em alguns casos e adiar a data dos prêmios deve ajudar os filmes menores, independentes, documentais, em língua estrangeira e, particularmente, os filmes britânicos a serem vistos em tempo útil para o EE British Academy Film Awards em 2021.

Mudanças temporárias

Imagem: BAFTA

Se não houver alterações, a premiação de 2021 deverá seguir as seguintes novas regras:

1. Os títulos que estavam em cartaz nos cinemas quando estes foram fechados e, portanto, tiveram seu lançamento nos cinemas reduzido, serão elegíveis, independentemente do número de exibições que tenham tido;

2. Títulos cuja data de lançamento nos cinemas tenha sido confirmada (conforme determinada pela Associação de Distribuidores de Filmes) e tenha coincidido com o fechamento dos cinemas serão elegíveis caso seu lançamento mude para uma plataforma comercial aprovada de VoD. Esses títulos podem ser lançados a qualquer momento durante o período de elegibilidade 2020–2021;

3. Títulos destinados a lançamento nos cinemas durante o fechamento das salas, mas sem uma data de lançamento confirmada e publicada, serão elegíveis caso sejam lançados em uma plataforma comercial aprovada de VoD durante o fechamento. Após o fechamento, em uma data determinada pelo BAFTA e uma vez que os cinemas reabram, esses títulos só serão elegíveis se receberem um lançamento nos cinemas.

4. Em uma data a ser determinada pelo BAFTA e após a reabertura dos cinemas, todos os títulos restantes, excluídas as exceções descritas nos pontos 2 e 3, devem ser lançados nos cinemas dentro do período de elegibilidade para se qualificar.

5. Todos os títulos lançados nos cinemas para o restante do período de elegibilidade terão um limite de qualificação mais baixo para atender: no mínimo uma triagem por dia durante sete dias (em conjunto).

6. Os títulos qualificados através do lançamento em uma plataforma comercial aprovada de VoD devem estar disponíveis por um período mínimo de 30 dias para o público do Reino Unido.

7. Todos os títulos também devem ser disponibilizados aos membros votantes do BAFTA no "BAFTA View" (site de visualização online do BAFTA) assim que possível após a data do lançamento e dentro de 60 dias após o lançamento (nos cinemas ou online) por um período mínimo de 30 dias consecutivos. Todos os títulos devem estar disponíveis para os membros votantes via BAFTA View na data em que a votação da Primeira Rodada for aberta (data a ser anunciada no outono de 2020).

8. Todos os lançamentos, nos cinemas ou em VoD, devem ser lançados dentro do período de elegibilidade 2020-2021 — este período será anunciado no outono de 2020.

Fonte: Screen Daily

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.