Animação do Batman ganha classificação indicativa para maiores de 18 anos

Por Redação | 15 de Abril de 2016 às 10h34

A animação Batman: A Piada Mortal ganhou a classificação indicativa para maiores de 18 anos, tornando-se assim a primeira produção animada baseada em histórias da DC Comics a ter os adultos como público-alvo. Como o lançamento do longa só chega às lojas no final do ano, a versão estendida de Batman vs Superman, que também foi classificada para o público mais velho, será a primeira adaptação do Homem-Morcego que não tem os jovens como alvo principal.

Segundo o executivo da Warner Bros. Sam Register, desde o começo da produção o produtor Bruce Timm e toda a equipe de animação foi encorajada a manter a adaptação fiel à obra original. "A Piada Mortal é reverenciada pelos fãs tanto por suas particularidades quanto pelos temas adultos e chocantes que trata, por isso sentimos a responsabilidade de entregar um longa que agrade a comunidade de leitores de quadrinhos que tanto nos apoia", ressalta o executivo.

Um dos pontos que torna a graphic novel, criada por Alan Moore e Brian Bolland, tão clássica para os fãs do Batman é o ataque do Coringa à casa do Comissário Gordon. Nesta parte da trama, o vilão tortura o policial, principalmente psicologicamente, ao atirar em sua filha Barbara Gordon e, supostamente, estuprá-la. Esta história também transforma a personagem em paraplégica.

As vozes na adaptação são dos atores Kevin Conroy, Mark Hamill, Tara Strong e Ray Wise. Batman: A Piada Mortal será exibido previamente na Comic Con International em julho e deve chegar às lojas até o final do ano.

Fonte: Comic Book Resources

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.