A vida de Jesus Cristo ganhará versão em realidade virtual

Por Redação | 29 de Junho de 2016 às 21h36

Depois de grandes prodduções nos palcos e nos cinemas, a história Bíblica chega à realidade virtual. A Autumn Productions e a VRWERX anunciaram Jesus VR – A História de Cristo, uma experiência de 90 minutos em realidade virtual que conta a história do Novo Testamento.

A experiência vai incluir do nascimento de Cristo até a crucificação, incluindo passagens como O Sermão da Montanha, e vai permitir que o público se sinta presente nas cenas. O filme tem produção executiva assinada por Enzo Sisti, que também trabalhou na equipe de A Paixão de Cristo de Mel Gibson, e Tim Fellingham como protagonista.

Jesus VR foi filmado em 360 graus com uma câmera 4K, o que permite que os espectadores olhem para todas as direções e vejam ação em qualquer ângulo em todas as cenas. Os produtores garantem que quando a água virar vinho será como se os espectadores estivessem no meio do casamento em Canaã.

"Os espectadores realmente vão se sentir como se estivessem com Jesus e seus discípulos", afirma o diretor e produtor David Hansen. "Essa é a história mais forte de todos os tempos, e realidade virtual é a maneira perfeita de se contar", acrescenta.

O filme estará disponível para todas as plataformas de realidade virtual: Google Cardboard, Gear VR, Oculus Rift, Playstation VR e HTC Vine. Porém, em função da extensão do filme, os produtores adiantam que ocupará muito espaço.

Ainda que o público cristão seja enorme e consuma as grandes produções do tema – como o filme de Mel Gibson, que gerou US$ 370 milhões em 2004, ou a produção nacional Os Dez Mandamentos, da Record, que ultrapassou Tropa de Elite 2 em bilheteria –, pode-se arriscar dizer que ainda é cedo para grandes produções em RV, justamente pelo fato de que as pessoas ainda não dispõem em larga escala de meios para consumir esse tipo de conteúdo.

O filme Jesus VR estreia em dezembro e muito de seu sucesso vai depender da popularização da tecnologia – ou toda essa investida poderá ser um grande desperdício de cartucho.

Fonte The Guardian

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.