Wozniak critica atuação de Kutcher em 'jOBS' e diz que não recomendaria o filme

Por Redação | 19 de Agosto de 2013 às 17h52

A primeira cinebiografia sobre Steve Jobs, com Ashton Kutcher no papel principal, estreou no último final de semana nos Estados Unidos e arrecadou apenas US$ 6,7 milhões (R$ 16 milhões), bem abaixo do esperado, e colecionou algumas críticas mornas. Além dos críticos de cinema, outra pessoa que parece não ter ficado muito contente com o longa-metragem foi Steve Wozniak, cofundador da Apple.

Woz afirmou em crítica publicada no site Gizmodo dos Estados Unidos que assistiu ao filme na última sexta-feira (16). "Achei as atuações boas. O filme me prendeu e entreteu, mas não o suficiente para eu recomendá-lo. Um amigo que aparece no filme disse que não queria assistir ficção e que não estava interessado em vê-lo... Eu me senti mal por muitas pessoas que eu conheço bem, que foram erroneamente retratadas em suas interações com Jobs e a empresa", escreveu.

Em seu texto, Steve Wozniak também criticou a atuação de Kutcher no papel de Steve Jobs, afirmando que "suspeito que muito do que está errado no filme veio da própria visão que Ashton tem de Jobs". E ele aproveitou a oportunidade para rebater uma recente crítica feita a ele por Ashton Kutcher, que afirmou que Wozniak estava criticando 'jOBS' por ser consultor de um outro filme em produção sobre a carreira de Steve Jobs.

Assista Agora: Descubra o jeito certo de criar verdadeiros times de alta-performance e ter a empresa inteira focada em uma única direção.

"Ashton fez declarações mentirosas e erradas sobre mim recentemente (incluindo o fato de eu supostamente ter falado que o filme era ruim, que foi, provavelmente, o fato de Ashton acreditar no que diziam as manchetes da imprensa pop) e que eu não gostei do filme porque sou pago para consultar outro. Esses são exemplos de Ashton ainda estando no personagem", disse.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.