Stephen Hawking será protagonista de documentário com estreia em setembro

Por Redação | 05.08.2013 às 07:40

O físico britânico Stephen Hawking irá protagonizar um novo documentário em que fala sobre sua vida e uma das piores fases de sua doença, em 1985, enquanto escrevia seu livro de sucesso "Breve História do Tempo". O filme tem estreia prevista para setembro, como revelou o Sunday Times.

Hawking, 71 anos, convive com a esclerose lateral amiotrófica, que é uma doença degenerativa que afeta os músculos do corpo humano, desde os 21 anos de idade. Em 1985, enquanto escrevia seu best-seller, o físico contraiu uma pneumonia na Suíça, onde morava na época, e passou semanas internado na UTI para realizar o tratamento.

O estado de saúde de Stephen Hawking era tão complicado que os médicos chegaram a sugerir à sua primeira esposa, Jane, que desligasse os aparelhos, algo que ela se negou a fazer e pediu que seu marido fosse transferido para um hospital em Cambridge, na Inglaterra. A pneumonia e as semanas na UTI custaram a Hawking sua capacidade de falar e, desde então, ele utiliza um moderno sintetizador de voz para se comunicar.

Ainda no documentário, intitulado 'Hawking', o cientista conta sobre seus dois casamentos e dois divórcios, e afirma que sua relação com a primeira esposa, mãe de seus três filhos, é muito boa e até dedica o longa-metragem a ela. Ele ainda comenta as acusações de violência doméstica que sofreu quando foi casado com uma de suas enfermeiras, Elaine Mason, caso que ele nega e atribui como sendo "invenções da imprensa".

Hawking aproveita o documentário para reiterar seus planos de realizar uma viagem espacial a bordo da Virgin Galactic, do empresário Richard Branson.