Oscar 2015 premia documentário sobre Edward Snowden; veja lista com ganhadores

Por Redação | 23 de Fevereiro de 2015 às 09h38

Com muita pompa, glamour e gracinhas, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas entregou na noite deste domingo (22) a mais famosa premiação do cinema aos vencedores do Oscar 2015.

A briga era grande entre Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância) do diretor mexicano Alejandro Gonzalez Iñárritu, e Boyhood: Da Infância à Juventude, cuja produção durou 12 anos, mas, no fim das contas, Birdman levou os dois prêmios mais importantes: melhor diretor e melhor filme. À Boyhood, restou a amarga derrota desta edição da cerimônia: indicado em seis categorias, o longa ficou com apenas uma estatueta: melhor atriz coadjuvante para Patricia Arquette.

E já que o assunto é a premiação dos atores, a academia concedeu a estatueta de melhor ator para Eddie Redmayne pela dificílima interpretação de Stephen Hawking em A Teoria de Tudo; melhor atriz para Julianne Moore, que, aos 54 anos de vida, está no auge de sua carreira e interpretou maestralmente a Dr. Alice Howland, que sofre de mal de Alzheimer. Ao lado de Patricia Arquette, J.K. Simmons foi premiado como o melhor ator coadjuvante por seu papel em Whiplash.

Para quem acompanha o mundo da tecnologia, o prêmio que chamou mais atenção foi o de melhor documentário. O escolhido para levar a estatueta dourada para casa foi Citizenfour, que conta em detalhes como foi a primeira semana de vazamentos de informações sigilosas da NSA por Edward Snowden em janeiro de 2013.

Para isso, a jornalista Laura Poitras se encontrou frente a frente com o ex-analista da agência norte-americana, que agora está exilado na Rússia, e o jornalista Glenn Greenwald. Juntos, os dois contaram como foi montado o esquema para revelar ao mundo todas as atividades de vigilância ilegítima feitas pelo governo dos Estados Unidos.

Veja abaixo a lista com os ganhadores do Oscar 2015 destacados em negrito:

Melhor filme

  • "Sniper americano"
  • "Birdman"
  • "Boyhood: Da infância à juventude"
  • "O grande hotel Budapeste"
  • "O jogo da imitação"
  • "Selma"
  • "A teoria de tudo"
  • "Whiplash"

Melhor diretor

  • Alejandro Gonzáles Iñárritu ("Birdman")
  • Richard Linklater ("Boyhood")
  • Bennett Miller ("Foxcatcher: Uma história que chocou o mundo")
  • Wes Anderson ("O grande hotel Budapeste")
  • Morten Tyldum ("O jogo da imitação")

Melhor ator

  • Steve Carell ("Foxcatcher")
  • Bradley Cooper ("Sniper americano")
  • Benedict Cumberbatch ("O jogo da imitação")
  • Michael Keaton ("Birdman")
  • Eddie Redmayne ("A teoria de tudo")

Melhor atriz

  • Marion Cotillard ("Dois dias, uma noite")
  • Felicity Jones ("A teoria de tudo")
  • Julianne Moore ("Para sempre Alice")
  • Rosamund Pike ("Garota exemplar")
  • Reese Witherspoon ("Livre")

Melhor ator coadjuvante

  • Robert Duvall ("O juiz")
  • Ethan Hawke ("Boyhood")
  • Edward Norton ("Birdman")
  • Mark Ruffalo ("Foxcatcher")
  • J.K. Simmons ("Whiplash")

Melhor atriz coadjuvante

  • Patricia Arquette ("Boyhood")
  • Laura Dern ("Livre")
  • Keira Knightley ("O jogo da imitação")
  • Emma Stone ("Birdman")
  • Meryl Streep ("Caminhos da floresta")

Melhor roteiro original

  • Alejandro G. Iñárritu, Nicolás Giacobone, Alexander Dinelaris Jr. e Armando Bo ("Birdman")
  • Richard Linklater ("Boyhood")
  • E. Max Frye e Dan Futterman ("Foxcatcher")
  • Wes Anderson e Hugo Guinness ("O grande hotel Budapeste")
  • Dan Gilroy ("O abutre")

Melhor roteiro adaptado

  • Jason Hall ("Sniper americano")
  • Graham Moore ("O jogo da imitação")
  • Paul Thomas Anderson ("Vício inerente")
  • Anthony McCarten ("A teoria de tudo")
  • Damien Chazelle ("Whiplash")

Melhor filme em língua estrangeira

  • "Ida" (Polônia)
  • "Leviatã" (Rússia)
  • "Tangerines" (Estônia)
  • "Timbuktu" (Mauritânia)
  • "Relatos selvagens" (Argentina)

Melhor documentário

  • "O Sal da Terra"
  • "CitizenFour"
  • "Finding Vivian Maier"
  • "Last days"
  • "Virunga"

Melhor animação

  • "Operação Big Hero"
  • "Como treinar o seu dragão 2"
  • "Os Boxtrolls"
  • "Song of the sea"
  • "O conto da princesa Kaguya"

Melhor fotografia

  • Emmanuel Lubezki ("Birdman")
  • Robert Yeoman ("O grande hotel Budapeste")
  • Lukasz Zal e Ryszard Lenczewski ("Ida")
  • Dick Pope ("Sr. Turner")
  • Roger Deakins ("Invencível")

Melhor montagem

  • Joel Cox e Gary D. Roach ("Sniper americano")
  • Sandra Adair ("Boyhood")
  • Barney Pilling ("O grande hotel Budapeste")
  • William Goldenberg ("O jogo da imitação")
  • Tom Cross ("Whiplash")

Melhor figurino

  • Milena Canonero ("O grande hotel Budapeste")
  • Mark Bridges ("Vício inerente")
  • Colleen Atwood ("Caminhos da floresta")
  • Anna B. Sheppard e Jane Clive ("Malévola")
  • Jacqueline Durran ("Sr. Turner")

Melhor maquiagem e cabelo

  • Bill Corso e Dennis Liddiard ("Foxcatcher")
  • Frances Hannon e Mark Coulier ("O grande hotel Budapeste")
  • Elizabeth Yianni-Georgiou e David White ("Guardiões da Galáxia")

Melhor design de produção

  • "O grande hotel Budapeste"
  • "O jogo da imitação"
  • "Interestelar"
  • "Caminhos da floresta"
  • "Sr. Turner"

Melhores efeitos visuais

  • Dan DeLeeuw, Russell Earl, Bryan Grill e Dan Sudick ("Capitão América 2: O soldado invernal")
  • Joe Letteri, Dan Lemmon, Daniel Barrett e Erik Winquist ("Planeta dos macacos: O confronto")
  • Stephane Ceretti, Nicolas Aithadi, Jonathan Fawkner e Paul Corbould ("Guardiões da Galáxia")
  • Paul Franklin, Andrew Lockley, Ian Hunter e Scott Fisher ("Interestelar")
  • Richard Stammers, Lou Pecora, Tim Crosbie e Cameron Waldbauer ("X-Men: Dias de um futuro esquecido")

Melhor canção

  • "Everything is awesome", de Shawn Patterson ("Uma aventura Lego")
  • "Glory", de John Stephens e Lonnie Lynn ("Selma")
  • "Grateful", de Diane Warren ("Além das luzes")
  • "I'm not gonna miss you", de Glen Campbell e Julian Raymond ("Glen Campbell…I'll be me")
  • "Lost Stars", de Gregg Alexander e Danielle Brisebois ("Mesmo se nada der certo")

Melhor trilha sonora

  • Alexandre Desplat ("O grande hotel Budapeste")
  • Alexandre Desplat ("O jogo da imitação")
  • Hans Zimmer ("Interestelar")
  • Gary Yershon ("Sr. Turner")
  • Jóhann Jóhannsson ("A teoria de tudo")

Melhor mixagem de som

  • John Reitz, Gregg Rudloff e Walt Martin ("Sniper americano")
  • Jon Taylor, Frank A. Montaño e Thomas Varga ("Birdman")
  • Gary A. Rizzo, Gregg Landaker e Mark Weingarten ("Interestelar")
  • Jon Taylor, Frank A. Montaño e David Lee ("Invencível")
  • Craig Mann, Ben Wilkins e Thomas Curley ("Whiplash")

Melhor edição de som

  • Alan Robert Murray e Bub Asman ("Sniper americano")
  • Martín Hernández e Aaron Glascock ("Birdman")
  • Brent Burge e Jason Canovas ("O hobbit: A batalha dos cinco exércitos")
  • Richard King ("Interestelar")
  • Becky Sullivan e Andrew DeCristofaro ("Invencível")

Melhor curta-metragem

  • "Aya"
  • "Boogaloo and Graham"
  • "Butter lamp (La lampe au beurre de Yak)"
  • "Parvaneh"
  • "The phone call"

Melhor animação em curta-metragem

  • "The bigger picture"
  • "The dam keeper"
  • "Feast"
  • "Me and my moulton"
  • "A single life"

Melhor documentário em curta-metragem

  • "Crisis Hotline: Veterans Press 1"
  • "Joanna"
  • "Our curse"
  • “The reaper (La Parka)"
  • "White earth"
Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.