Filme 3D de Angry Birds é aposta para tirar Rovio do atoleiro

Por Redação | 19 de Março de 2015 às 14h32

Para tirar o pé da lama, a finlandesa Rovio está apostando suas fichas em um projeto: um filme do Angry Birds 3D e de alto custo que pode ajudar e empresa a voltar a crescer. A notícia surge após a desenvolvedora de jogos enfrentar uma queda de 73% no lucro.

O custo de produção do filme do Angry Birds será de cerca de US$ 80 milhões. Além disso, os custos relacionados ao marketing do longa devem somar mais que o orçamento total da produção, porém esse pagamento ficará a cargo da Sony Entertainment.

Os problemas da Rovio aumentaram após um declínio no seu negócio de licenciamento da marca Angry Birds, usada em brinquedos, roupas e até mesmo doces. Mas parece que a companhia não deixou de acreditar que ainda pode repetir o sucesso do seu jogo móvel original, que se tornou o número um entre os apps pagos após seu lançamento em 2009.

A Rovio disse que as vendas totais caíram 9% no ano passado, chegando a US$ 169 milhões, embora a receita de jogos móveis tenha crescido 16%, para US$ 110,7 milhões graças às suas novas ofertas de games.

"O filme vai nos ajudar a fazer nosso negócio de licenciamento voltar a crescer", disse o CEO da Rovio, Pekka Rantala. "Muito em breve poderemos anunciar novos grandes acordos de parceria".

Além da queda na popularidade do Angry Birds e da forte concorrência no mercado de jogos para dispositivos móveis, analistas destacam ainda a forte concorrência gerada por uma nova categoria de brinquedos físicos capazes de se conectar a jogos virtuais, como o Nintendo Amiibo, os "bonequinhos" físicos oficiais da Big N que também têm integração com jogos de Wii U e 3DS.

Se o filme será um sucesso ou não, é impossível prever. Porém, podemos ter a certeza de que seu desempenho será muito revelador em relação ao poder de negócios que o Angry Birds ainda tem (ou não).

Via Reuters

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.