Chicago abrigará o museu dedicado a George Lucas e a série Star Wars

Por Redação | 30 de Junho de 2014 às 12h21
photo_camera Gizmodo

A cidade de Chicago, nos Estados Unidos, foi a escolhida por George Lucas e seu grupo de conselheiros para sediar o Lucas Museum of Narrative Art, uma exibição permanente de artes conceituais, pôsteres, miniaturas e outros artigos das obras do cineasta criador de “Star Wars”. A previsão de abertura é para o final do ano que vem, mas os planos finais de construção e inauguração serão revelados no final do terceiro trimestre deste ano.

O local representa mais uma das iniciativas da Lucasfilm de exibir a obra do produtor ao público de forma mais próxima por meio de aparatos interativos ou não. A empresa também conta com uma exposição itinerante de Star Wars – que já visitou o Brasil, inclusive – e tem o incentivo à arte e produção de obras cinematográficas como seu principal objetivo.

A escolha de Chicago surpreendeu à prefeitura da cidade de São Francisco, que também estava na batalha para receber a atração. Isso se deve ao fato de Lucas ter uma grande ligação com o estado norte-americano da Califórnia: ele nasceu em Modesto, enquanto o famoso Rancho Skywalker, onde reside e criou suas principais obras, fica ao norte da metrópole. Até mesmo a Lucasfilm está localizada no território, mas seu museu pessoal ficará longe de tudo isso.

De acordo com as informações da CNN, a decisão foi difícil até mesmo para o próprio Lucas, mas teve de ser tomada quando parte da administração negou os pedidos de avaliação de determinados lotes localizados em São Francisco. Assim, o cineasta teve que se voltar a outras oportunidades e acabou escolhendo Chicago como a sede de seu museu.

O Lucas Museum of Narrative Art ficará localizado em um complexo já bastante conhecido por suas atrações turísticas, ao lado do Aquário Shedd, do Museu Field e do Planetário Adler. Sendo assim, já possui ampla infraestrutura de transporte, acesso e segurança para os visitantes.

Agora, a área deve ganhar novas áreas verdes e estacionamentos subterrâneos, como forma de abrir mais espaço para a circulação de pessoas. Para a prefeitura de Chicago, a novidade representa a transformação do complexo em um local que inclui não apenas os campos da ciência e da tecnologia, mas, agora, também das artes, constituindo um todo coeso de incentivo à educação e cultura.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.