Bilionário chinês vai construir maior estúdio de cinema do mundo, com US$ 4,8 bi

Por Redação | 26.09.2013 às 09:35 - atualizado em 26.09.2013 às 14:14

Wang Jianlin, o homem mais rico da China, anunciou a criação do maior e mais caro estúdio de cinema do mundo. Previsto para 2017, a chamada Metrópolis de Cinema Oriental de Qingdao contará com 10 mil km², infraestrutura para filmagem subaquática, sete hotéis, uma exposição permanente de veículos, um hospital, um parque de diversões e 20 estúdios de som. O investimento será de US$ 4,8 bilhões (cerca de R$ 10,5 bilhões).

No último domingo (22/09), quando Wang fez o anúncio, diversas celebridades de Hollywood foram à China, como Leonardo DiCaprio, John Travolta, Nicole Kidman, Jet Li e Catherine Zeta Jones, para ouvir o discurso do bilionário.

Wang é presidente do Dalian Wanda Group, um conglomerado que possui empresas voltadas para entretenimento, hotelaria e turismo. Atualmente, o mercado de cinema da China é o segundo maior do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Desde 2002, a indústria aumentou dez vezes na China e Wang afirma que pretende "fazer história" com seu investimento, colocando seu país na liderança desse segmento até 2018. Entretanto, vale ressaltar a falta de liberdade criativa imposta pelo governo.

Wang terá o desafio de vencer a burocracia para a produção cinematográfica para levar o país ao topo do mercado. Recentemente, já foram realizadas coproduções entre o cinema chinês e Hollywood, mas os filmes não atingiram o resultado esperado.