6 filmes da Netflix para assistir neste Natal com a família

Por Ricardo Ballarine | 22 de Dezembro de 2017 às 13h48
Tudo sobre

Netflix

Pode soar como clichê, mas no fim de ano queremos estar em família. Uma das imagens mais clássicas do Natal é o pós-almoço, quando todo mundo se reúne próximo ao sofá para curtir uma preguiça acompanhada de um filme com uma pegada bem familiar.

O Canaltech fez uma seleção de títulos para assistir nessas ocasiões, curtindo com toda a família e, talvez, com um balde de pipoca no colo — afinal, almoço de Natal não dá para resistir e ficar somente naquele pratinho fit.

Todos os filmes estão disponíveis na Netflix e na lista há espaço para contos de fadas, animação, comédia, drama e até um clássico P&B dos anos 1940.

Assista Agora: Saiba quais são os 5 maiores problemas das empresas brasileiras e comece 2019 em uma realidade completamente diferente.

Prepare-se, mãos no controle e vamos lá!

Trocando as Bolas

Recriação do livro de Mark Twain, O Príncipe e o Mendigo, o longa é uma comédia que se passa na Nova York nos anos 1980. Eddie Murphy faz o mendigo Billy Ray Valentine, e Dan Aykroyd interpreta o “príncipe” Louis Winthorpe 3º, um rico investidor em Wall Street.

Uma aposta de velhas raposas do mundo dos negócios faz com que os dois personagens mudem de posição, de onde surgem situações que obrigam os dois a se adequarem à nova realidade, até que se descubra o que aconteceu de verdade.

Esse é considerado um dos melhores filmes da carreira de Eddie Murphy, que faz um novo rico metido e cheio de manias. O fim de Trocando as Bolas é um clássico da comédia, quando os rivais se unem em um acordo improvável para superar os velhos investidores. Diversão garantida, para ver e rever.

Dan Aykroyd, de Papai Noel, e Eddie Murphy em Trocando as Bolas

A Felicidade Não Se Compra

O filme é um clássico do cinema norte-americano dos anos 1940, dirigido por Frank Capra e estrelado por James Stewart — na época, o queridinho da América. Foi eleito, pelo American Film Institute, como o filme americano mais inspirador da história.

O enredo cria uma realidade paralela para o personagem George Bailey, empresário de sucesso e que quer se matar às vésperas do Natal por causa de um golpe de um banqueiro. Um anjo, que precisa ganhar suas asas, deve ajudar um humano e tem a missão de socorrer Bailey.

Ao tentar convencer o empresário a não cometer suícidio, ouve que não estava ajudando ninguém e que estava disposto mesmo a tirar sua vida. Ante o cetismo do empresário, o anjo então mostra o que teria acontecido na sua vida e na de seus familiares caso ele não tivesse participado.

É uma história recontada inúmeras vezes pelo cinema, mas que tem neste clássico em preto e branco de 1946 a sua melhor versão. A maioria não consegue chegar ao fim de A Felicidade Não Se Compra sem derramar uma lágrima — mas de alegria.

James Stewart (centro), em cena de A Felicidade Não Se Compra

A Invenção de Hugo Cabret

Ícone recente da filmografia do diretor Martin Scorcese, o filme de 2012 abarca vários gêneros, com toques de drama, romance, ação e até de documentário.

Adaptação de livro homônimo de Brian Selznick, A Invenção de Hugo Cabret se passa na Paris dos anos 1930. O protagonista é um órfão que vive escondido na estação de trem da cidade e guarda um robô quebrado como última lembrança de seu pai.

Ao conhecer uma garotinha e fazer amizade com ela, tenta descobrir o segredo por trás do seu robô e da vida de seu pai.

Os efeitos especiais enriquecem o filme, principalmente nas cenas da estação e da chegada do trem. Além disso, Scorsese presta uma homenagem ao cinema, ao recriar trechos de Viagem à Lua, filme pioneiro da sétima arte, dirigido por George Méliès.

Cena de A Invenção de Hugo Cabret, dirigido por Martin Scorsese

Malévola

A história clássica da Bela Adormecida é contada do ponto de vista de sua fada madrinha má, a bruxa que amaldiçoa Aurora.

A trajetória de Malévola é lembrada desde a infância feliz da personagem, percorrendo os caminhos que a levaram a se tornar uma fada vingativa e má na fase adulta, em constante conflito com os homens.

O filme tem como mérito humanizar a vilã, explicando os motivos de tamanha maldade e conduzindo a personagem vivida por Angelina Jolie para uma redenção, ao conviver com a doçura da princesa Aurora.

Angelina Jolie é Malévola na recriação do conto de fadas

Shrek Bate o Sino

Mais uma atração da franquia do ogro mais amado da Disney, com seu humor peculiar e sua irreverência. No especial de Natal, de quase meia hora, há um prolongamento do universo fantástico já conhecido por quem acompanhou as aventuras do grandão nos filmes, que abarca um conto natalino.

Shrek está tranquilo na sua vida de casado com Fiona e os filhotes quando chega o período das festas — é o primeiro Natal das crianças! Durante os preparativos, Shrek recebe a inesperada visita do Burro Falante e de outros personagens, que chegam ao pântano para passar as férias.

Ele só queria um pouco de paz, mas essa invasão não vai dar muito sossego ao ogro ranzinza.

Para além do curta, é possível ainda continuar a maratona, avançando para os outros produtos da franquia: os quatro longas principais, incluindo o já clássico filme que lançou o Shrek, e duas séries de quatro episódios com o personagem também estão disponíveis na Netflix.

Shrek embala o sono de Fiona no Natal do pântano

O Estranho Mundo de Jack

Tim Burton é mestre em criar universos esquisitos, com personagens mais estranhos ainda. Até um filme já com essas características, como Alice no País das Maravilhas, ganha traços mais excêntricos.

Este O Estranho Mundo de Jack não escapa dessa linha. É um filme de stop-motion, que conta a história de Jack Skellington, que vive na Cidade de Halloween e acaba abrindo uma espécie de portal para a Cidade do Natal.

Então nos deparamos com personagens bem diferentões nesta terra dos sonhos, com monstros, fantasmas, vampiros, bruxas e outros tipos do universo fantástico.

Apesar da extravagância, Burton consegue colocar um pouco de delicadeza, ao criar uma atmosfera romântica entre Jack e Sally, uma boneca de trapos criada por um cientista maluco.

A turma de O Estranho Mundo de Jack
Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.