União Europeia anuncia projeto multimilionário de tecnologia quântica

Por Redação | 29 de Abril de 2016 às 19h10

Sem fazer nenhum alarde, a Comissão Europeia anunciou um investimento de US$ 1.13 bilhão em um projeto para acelerar as pesquisas em tecnologia quântica, que cobrem desde melhorias em segurança no campo de comunicações até sensores ultra-precisos de gravidade.

A estimativa é de que o projeto trabalhe com força total em 2018 e tenha características similares em tamanho e escala temporal de dois outros projetos de ponta na Europa — o Graphene Flagship e o Projeto Cérebro Humano — embora o formato exato da nova iniciativa ainda precise ser definido. O financiamento será uma mistura de dinheiro de comissões e doações recebidas de financiadores europeus.

De acordo com o chefe do Centro Integrado de Tecnologia e Ciência Quântica das Universidades de Ulm e Stuttgart, Tommaso Calarco, a iniciativa surgiu em um momento oportuno para a Europa, que seria deixada para trás, uma vez que vários países do mundo já iniciaram pesquisas com tecnologia quântica. Em março, um esboço do projeto, de autoria de Calarco, foi publicado sob o título de Quantum Manifesto.

Projeto pode definir o futuro das pesquisas tecnológicas

Ao passo que o projeto tem ambições de acelerar a pesquisa de tecnologia quântica em diversas áreas, a comissão responsável por ele anunciou em 19 de abril planos para lançar um portal de computação em nuvem chamado European Open Science Cloud, com um orçamento avaliado em 2 bilhões de euros a serem gastos até 2020.

Os pesquisadores pretendem que a iniciativa seja uma "segunda revolução quântica", com a primeira sendo a criação de equipamentos como transistores e lasers no século passado.

Os planos do projeto incluem suporte a sistemas como redes de comunicação quântica, câmeras ultra-sensíveis e simuladores quânticos que podem ajudar na manufatura de novos materiais. Planos à longo prazo também serão observados na iniciativa.

O sucesso da empreitada será determinado pela forma como o projeto conseguirá acelerar a indústria a utilizar as novas tecnologias quânticas e investir na área para pesquisas. A comissão irá anunciar mais detalhes sobre o projeto na Conferência Quântica Europeia, que acontecerá em Amsterdã, nos dias 17 e 18 de maio. Lá, o manifesto será oficialmente lançado.

Via Scientific American