Telescópio do ESO flagra duas estrelas enormes em colisão

Por Redação | 23 de Outubro de 2015 às 17h00
photo_camera ESO

Nesta última quarta-feira (21), o European Southern Observatory (ESO) anunciou o registro de um raro fenômeno espacial no qual duas estrelas (ou dois sóis) colidem em uma gigantesca explosão espacial. O momento foi flagrado pelas lentes poderosas do Very Large Telescope (VLT), instalado no Chile e mantido pelo ESO, considerado o observatório mais avançado do mundo na atualidade.

VFTS 352

Arte mostra como foi a colisão entre as estrelas observada pelo Very Large Telescope (Reprodução: ESO)

Esse registro é, além de raro, inédito, já que se trata do encontro de duas estrelas extremamente massivas e quentes, e uma colisão com essas dimensões nunca foi observada anteriormente. Outro fator que torna o registro ainda mais raro é a duração do fenômeno, que deve acabar em cerca de dois dias. Ou seja, o telescópio estava direcionado para o lugar certo, na hora certa.

A descoberta, que foi devidamente publicada no The Astrophysical Journal, mostra os dois sóis do sistema VFTS 352 em colisão em uma cena pra lá de dramática, contudo belíssima. O sistema solar duplo está localizado a uma distância de 160 mil anos-luz da Terra, na região da Nebulosa da Tarântula, que faz parte da constelação de Dorado. As duas estrelas combinadas possuem uma massa equivalente a aproximadamente 57 vezes o nosso Sol, e a temperatura de sua superfície supera os 40 mil graus Celsius. Só para termos uma noção do quão quente é isso, a temperatura da fotosfera do Sol (que é a região visível do astro) fica na casa dos 5.500ºC.

Depois da explosão, as duas estrelas poderão se unir e gerar um buraco negro, que surge após um colapso gravitacional. Ao menos essa é uma das possibilidades previstas pela equipe de cientistas. Outra seria uma fusão, resultando em uma única estrela, mas também é possível que a explosão cause o fim da “vida” dos dois sóis definitivamente.

Fonte: ESO

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.