Telescópio da Nasa dobra o número de planetas conhecidos do sistema solar

Por Redação | 10 de Maio de 2016 às 19h06

A equipe do telescópio espacial Kepler, da NASA, anunciou nesta terça-feira (10) a descoberta de, pasmem, 1.284 novos planetas, o maior número de exoplanetas já divulgados de uma vez. A novidade dobra o número de planetas confirmados no nosso sistema solar, resultando num total de quase 3.200.

De 2009 a 2013, o telescópio Kepler ficou posicionado de maneira fixa, vasculhando 120 mil estrelas. Nesses quatro ano de observação, o telescópio conseguiu coletar um enorme número de informações, as quais vêm sendo analisadas pelos cientistas desde então. Até hoje, o Kepler tinha fornecido informações de 4.700 candidatos a planetas e 984 exoplanetas.

As descobertas do Kepler incluem o Kepler 452-b, o primeiro planeta rochoso que orbita em uma zona habitável de uma estrela parecida com o sol, além de outros planetas com características similares, como o Kepler-438b e o Kepler-442b.

As descobertas reveladas hoje no The Astrophysical Journal não mudam muito o panorama de descobertas do Kepler em questão de distribuição de planetas, com a maioria sendo similares ou à Terra ou a Netuno. Isso se deve ao fato de que planetas do tamanho da Terra são mais fáceis de enxergar. O anúncio de hoje também inclui nove novos planetas habitáveis com aproximadamente o dobro do tamanho da Terra.

Mesmo com todas essas descobertas, o projeto Kepler ainda não está no fim. A equipe que trabalha nele espera produzir um relatório final com todos os exoplanetas confirmados até outubro. "Não ficaria surpresa se ainda adicionássemos centenas de planetas na nossa lista", afirmou a pesquisadora Natalie Batalha, da NASA.

Via: Gizmodo

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.