Tecnologia de análise digital é usada para descobrir a origem da Bíblia

Por Redação | 13 de Abril de 2016 às 12h35

Pesquisadores da Universidade de Tel Aviv, em Israel, têm investigado a origem da escrita da Bíblia, que aparentemente é mais antiga do que se pensava. Para chegar a essa conclusão, os estudiosos estão realizando análises de fragmentos de inscrições em cerâmica encontrados no sul de Israel que datam de 600 anos antes do nascimento de Jesus.

Utilizando as inovadoras tecnologias de análise digital, foi possível determinar como as inscrições nas cerâmicas foram escritas e, diante disso, Arie Shaus, matemático da Universidade de Tel Aviv, afirmou que essa tecnologia pode mostrar as origens dos primeiros trechos da Bíblia. Já se sabe que o livro sagrado não foi escrito em tempo real, mas a pergunta dos pesquisadores é: quando exatamente foi escrito?

Buscando responder a essa questão, a equipe utilizou ferramentas para determinar quantas pessoas foram alfabetizadas nos tempos antigos e, por meio das informações escritas nos fragmentos de cerâmica, identificar quantas pessoas sabiam escrever naquela região. O primeiro passo foi utilizar a tecnologia para restaurar caracteres que estavam ilegíveis pela deterioração do tempo. Diante da amostra de 16 cacos de cerâmica pôde-se identificar pelo menos seis autores diferentes.

Pelo exame do conteúdo, os pesquisadores concluíram que possivelmente em 600 a.C. houve a proliferação da alfabetização na sociedade judaica, o que aponta para a hipótese de que já havia infraestrutura educacional para a escrita da Bíblia. Christofer Rollston, especialista em arqueologia e estudos bíblicos da Universidade George Washington, acredita que apenas as elites tinham acesso à escrita, mas que o estudo israelense é altamente importante e inovador.

Sem dúvida a importância das pesquisas da equipe de Shaus é a possibilidade do avanço das tecnologias de reconhecimento de imagem que proporcionam a leitura de textos antigos, o que dá margem para a continuidade dos estudos para decifrar quem foi o primeiro escritor da Bíblia e quando isso ocorreu. Mesmo que partes das conclusões dos estudos da universidade israelense sejam controversas e não condizentes com outros estudos, a tecnologia desenvolvida pode revolucionar a compreensão da escrita nos tempos bíblicos.

Via: Gizmodo

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.