Tatuagens biotecnológicas combinam arte corporal e computação vestível

Por Redação | 08 de Dezembro de 2015 às 14h31
photo_camera Divulgação/Chaotic Moon

Se você achava que relógios e roupas inteligentes eram o limite da chamada computação vestível (ou wearable computing, no termo em inglês), é melhor rever seus conceitos. Isso porque a próxima onda pode ser a das tatuagens biotecnológicas temporárias que combinam arte corporal e dispositivos inteligentes em uma coisa só.

A ideia parece ter saído diretamente de um filme de ficção científica e foi desenvolvida pela empresa Chaotic Moon. Chamada de Tach Tat, ela reúne estética e funcionalidade em um único item, que fica acoplado à pele e é capaz de monitorar sinais vitais de um corpo — como pressão arterial, batimentos cardíacos, temperatura corporal e por aí vai.

“Usamos um material condutivo para conectar o microcontrolador a um variado número de sensores presentes dentro de uma tatuagem flexível e temporária”, informa o presidente da Chaotic Moon, Ben Lamm, em entrevista à Wired.

Por enquanto, a Tech Tat ainda está em fase de testes e não foi experimentada em nenhum ser humano. Como ela cria um desenho temporário na pele, seus criadores não enxergam um potencial para que ela substitua as tatuagens reais um dia, mas apostam que os dois modelos possam coexistir.

“Em teoria, elas (as Tech Tats) poderiam funcionar como tatuagens de verdade”, comenta Lamm. “Mas quando nós as embutimos na camada dérmica da pele, muita coisa precisa ser levada em conta. A condutividade é perdida devido à resistência natural de nossa pele, por exemplo, e o material que usamos para produzir os circuitos provavelmente precisaria ser adaptado”, complementa.

“Eu as vejo funcionando lado a lado com as tatuagens reais, mas não as vejo incrementando ou substituindo as tattoos de verdade”, sugere o executivo. “Nós as vemos sendo utilizadas por qualquer pessoa. A tatuagem tecnológica é um dispositivo que facilitará a vida de qualquer pessoa”, aposta Lamm.

Fonte: Wired

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.