Pesquisadores criam cordas vocais humanas em laboratório

Por Redação | 20 de Novembro de 2015 às 08h44

Na última quarta-feira (18), cientistas anunciaram que conseguiram criar cerca de 170 cordas vocais humanas em laboratório a partir de células retiradas de quatro pacientes cirúrgicos e um cadáver.

No experimento, a equipe da Escola de Medicina da Universidade de Wisconsin implantou as cordas vocais cultivadas em laboratório no corpo de ratos geneticamente modificados para ter um sistema imunológico humano. Eles não precisaram de medicações imunossupressoras, geralmente utilizadas em transplantes convencionais.

"Isso não é muito surpreendente. A laringe precisa ser tolerante a tudo o que comemos e respiramos", disse Jennifer Long, otorrinolaringologista da Universidade da Califórnia em Los Angeles, que não participou do estudo. Mas a especialista acrescentou que a tolerância do sistema imunológico torna a perspectiva de transplantes de cordas vocais cultivadas em laboratório muito mais atraente. "Você não quer o inchaço de uma reação imune em sua traqueia", disse.

Os tratamentos atuais para danos graves nas cordas vocais não oferecem grandes resultados, principalmente devido à persistência de cicatrizes, e uma das metas destes tecidos criados em laboratório é amenizar este tipo de situação. Os tecidos desenvolvidos em laboratório têm a aparência de cordas vocais naturais úmidas e elásticas, de acordo com os pesquisadores.

As pesquisas ainda estão em andamento e deve demorar anos até que chegue num ponto onde o transplante completo seja possível. No entanto, os estudos estão avançando e podem ser uma luz no fim do túnel para milhões de pessoas que sofrem com alguma disfunção das cordas vocais.

Via Buzzfeed

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.