Novo planeta é descoberto por astrônoma chilena

Por Redação | 27.08.2015 às 14:36

Um dos maiores sonhos de qualquer astrônomo é descobrir um novo planeta, e a jovem Maritza Soto, de apenas 25 anos, já conseguiu este feito. A doutoranda chilena usou o método da velocidade radial e, oito meses de pesquisa depois, localizou o planeta HD 110014C, que obrita a estrela HD 110014 e está localizado a 293 anos-luz da Terra.

HD 110014c

Arte digital criada pela equipe de astrônomos representando a estrela HD 110012 e seus dois planetas já descobertos (Reprodução: Divulgação)

O método consiste em medir o movimento de uma estrela para concluir se há algum objeto orbitando ao seu redor, e foi assim que a astrônoma e sua equipe descobriram o novo planeta nos laboratórios da Universidade do Chile.

Este é o segundo planeta já localizado neste outro sistema solar, e sua massa possivelmente tem pelo menos três vezes a de Júpiter, de acordo com os cálculos de Soto. "É um planeta gasoso gigante que está muito quente, porque está muito perto de sua estrela", contou, justificando o motivo pelo qual não foi possível calcular a massa real do novo astro.

Também devido à sua proximidade com seu sol, o planeta corre grande risco de ser engolido pela estrela, mas caso isso venha a acontecer, a descoberta da astrônoma já terá sido devidamente registrada e publicada na revista científica da Royal Astronomical Society, em Londres.

O grupo de astrônomos chilenos pretende continuar estudando o novo planeta e sua dinâmica com seu sol e os demais mundos daquele sistema. "Tomara que isso leve a descobertas ainda maiores", afirmou a astrônoma líder da equipe.

Fonte: G1