NASA está desenvolvendo satélites capazes de prever furacões com maior precisão

Por Redação | 25 de Agosto de 2015 às 09h03

Ao que tudo indica, dentro de dois anos será possível prever a ocorrência de novos furacões com mais eficiência, segundo a NASA. A agência espacial norte-americana está desenvolvendo um sistema de satélites que estudarão o núcleo de furacões com o objetivo de rastrear e antecipar novos acontecimentos deste fenômeno tão destruidor.

Batizado de CYGNSS (Cyclone Global Navigation Satellite System), o sistema está em construção no estado norte-americano do Texas e é composto por oito microssatélites que funcionarão com maior eficácia do que um único aparelho. Esses serão os primeiros satélites construídos com a função de observar o núcleo de tempestades, podendo calcular a velocidade e direção dos ventos marítimos para antecipar a incidência de novos furacões.

NASA CYGNSS

Concepção artística do CYGNSS, sistema de satélites criado para analisar o núcleo de furacões (Reprodução: NASA)

O CYGNSS também fornecerá imagens atualizadas dos trópicos em questão de poucas horas, o que facilitará o trabalho dos meteorologistas, já que atualmente esses profissionais trabalham com uma taxa de atualização de alguns dias. Ou seja, caso os ventos mudem de direção inesperadamente, os especialistas poderão atualizar a previsão do tempo mais rapidamente.

Previsto para começar a funcionar em 2017, o novo sistema de satélites da NASA já poderá estar funcional na temporada de furacões do Atlântico daquele ano, que acontecerá entre os meses de junho e novembro.

Fonte: NASA