NASA divulga fotos do mergulho da sonda Cassini nos anéis de Saturno

Por Redação | 27 de Abril de 2017 às 17h15
photo_camera NASA

A NASA divulgou nesta quinta-feira (27) fotos inéditas do mergulho feito pela sonda Cassini entre os anéis de Saturno. Não fosse o feito em si extraordinário, as imagens feitas pela nave são absolutamente incríveis. Depois de ficar sem contato com a base da agência espacial na Terra, a sonda foi reconectada e trazia consigo estes incríveis registros.

A combinação de luz e poeira que fazem de Saturno um dos planetas mais icônicos de todo o sistema solar foi capturada em detalhe pela Cassini, que se tornou o objeto terrestre que mais se aproximou do planeta em questão.

“Nenhuma espaçonave esteve tão perto assim de Saturno anteriormente”, declarou Earl Maize, diretor do Projeto Cassini. “Nós podíamos apenas nos apoiar em previsões, baseadas em nossa experiência com outros anéis de Saturno, de como seria este espaço entre o planeta e os seus anéis.”

(Foto: Divulgação/NASA)

Escudo contra impacto

A Cassini sobrevoou cerca de 3 mil quilômetros de nuvens de Saturno, além de percorrer por 300 quilômetros a borda da parte interna mais visível dos anéis do planeta. As fotos registradas chegam a expor uma área de quase 2,5 mil quilômetros de diâmetro, tudo isso enquanto a sonda mergulhava a uma velocidade de quase 125.000 km/h.

Visto que os anéis são formados por partículas, é natural imaginar que um mergulho como estes poderia resultar em dano à sonda. Assim, a Cassini voou por dentro das nuvens de poeira com as suas antenas em formato de prato, usando estes dispositivos de quatro metros de diâmetro como escudo — foi exatamente isso que deixou a nave fora de contato com a Terra por algumas horas.

(Foto: Divulgação/NASA)

“Na imponência de suas explorações, a sonda Cassini da NASA cruzou a trilha mais uma vez, exibindo-nos novas maravilhas e demonstrando onde a nossa curiosidade pode nos levar se ousarmos”, declarou o Jim Green, diretor da Divisão do Planetário de Ciência, na central da NASA, em Washington.

(Foto: Divulgação/NASA)

A Cassini está no espaço desde 1997, tendo alcançado Saturno apenas em 2004. No último dia 21, ela fez a sua última aproximação da maior lua do planeta, Titã, e há um outro mergulho nos anéis planejado para 2 de maio. O seu mergulho final será realizado em 15 de setembro.

Fonte: NASA

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.