NASA apresenta novidades da espaçonave Orion

Por Redação | 23 de Novembro de 2015 às 09h45
photo_camera Divulgação/NAsA

A Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço dos Estados Unidos (NASA) apresentou na última quinta-feira (19) as novidades adicionadas à espaçonave Orion. O veículo foi criado para transportar seres humanos em missões pelo espaço profundo e ganhou aprimoramentos em funções básicas e também retoques no visual.

A principal novidade é a versão renovada do seu sistema de proteção térmica, essencial para evitar tanto que o calor de dentro escape quanto para que o calor de fora não adentre o veículo. Este sistema é composto pelo escudo térmico principal e deve proteger a nave do calor de cerca de mais de 2.200 °C gerado pela reentrada na atmosfera da Terra.

Além disso, a novidade também serve para reduzir a velocidade da espaçonave durante a descida até a superfície terrestre. A agência espacial dos EUA informa que a próxima missão espacial da Orion (Exploration Mission-1, ou apenas EM-1) vai expor o veículo às condições mais severas pelas quais ele passou, permanecendo ao todo mais de três semanas no espaço.

Orion

Ilustração da Orion reentrando na atmosfera terrestre. (Foto: Divulgação/NASA)

A EM-1 ainda faz parte da fase de testes da Orion e está programada para acontecer até novembro de 2018. O voo não será tripulado, assim como aconteceu com o primeiro teste realizado com a espaçonave. A primeira missão tripulada da Orion foi adiada e não deve ocorrer antes de 2023 — a programação original era de astronautas a bordo da Orin em 2021.

Fonte: NASA

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.