Missão ExoMars divulga novas imagens do solo de Marte

Por Redação | 05.12.2016 às 15:53
photo_camera Reprodução

O veículo de investigação científica Trace Gas Orbiter (TGO) teve novas imagens divulgadas pela Agência Espacial Europeia (ESA), mostrando suas primeiras imagens da superfície de Marte.

O TGO faz parte da missão ExoMars da ESA, e foi o veículo que levou a sonda Schiaparelli para o espaço. Infelizmente, a sonda falhou em posar no planeta vermelho em outubro passado, o que comprometeu em parte a missão.

Entretanto, o TGO continua ativo e tem orbitado por Marte para análises diversas, relatando a existência de gases raros na baixa atmosfera do planeta. Ela analisa o vapor d’água, nitrogênio, dióxido, acetileno e metano, que é quebrado pela luz solar.

Imagem de uma cratera na superfície de Marte, captada pelo Trace Gas Orbiter (Foto: ESA/Roscosmos/ExoMars/CaSSIS/UniBE)

O TGO também é equipado com equipamentos poderosos de captação de fotos. Com base nas imagens estereoscópicas registradas nos vôos do Trace Gas Orbiter, a ExoMars criou sua primeira imagem 3D da topografia de Marte.

Com base nas imagens do TGO, a missão conseguiu isolar um aspecto particular na superfície do planeta, que foi chamada de Noctis Labyrinthus. Se ele entender que existe algo interessante, a ESA vai tirar fotos detalhadas de locais na superfície para, no futuro, um rover visitar o local.

Imagens estereoscópicas do TGO possibilitaram a criação de designs 3D do solo de Marte (Foto: ESA/Roscosmos/ExoMars/CaSSIS/UniBE).

Na época em que as imagens foram captadas, no final de novembro, o módulo TGO estava a apenas 235 km acima da superfície. Em 2017, nesta mesma época, o TGO estará a uma altitude fixa de 400 km.

Com base nos dados e nos logs de vôo do TGO, o plano da ESA é fazer as correções necessárias para garantir que a próxima missão a aterrissar em Marte, com previsão de chegada em 2020, tenha sucesso ao tocar o solo marciano, diferentemente da Schiaparelli.

Fonte: Gizmodo.