Homem compra kit de DNA, insere dados em site e é acusado de estupro

Homem compra kit de DNA, insere dados em site e é acusado de estupro

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 02 de Julho de 2021 às 11h30
Gerd Altmann/Pixabay

Um homem norte-americano de 44 anos chamado Jared Vaughn recebeu uma acusação por estupro depois que comprou um kit de DNA e inseriu as próprias informações em um site de rastreamento de genealogia. Segundo a polícia da Florida, trata-se de uma ocorrência de 2007.

Acontece que sua amostra de DNA foi compatível com uma retirada de uma estudante universitária, no ano em questão.  “Demorou 14 anos para a resolução neste caso, mas é algo que era importante para nós e era importante para a vítima, para obter algum encerramento neste caso”, disse o chefe assistente da Polícia de Tampa, Ruben Delgado.

O caso relatado foi o seguinte: a vítima estava embriagada ao voltar para seu dormitório na Universidade de Tampa quando um homem (agora identificado como Vaughn) se ofereceu para acompanhá-la até sua casa, e a agrediu assim que chegaram.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

(Imagem: ktsimage/Envato)

As amostras de DNA coletadas na época não foram comparadas até que o código de Vaughn apareceu no site, e a correspondência foi posteriormente confirmada depois que a polícia conduziu um teste de acompanhamento. “Nosso sucesso depende de informações encontradas em bancos de dados genealógicos públicos”, disse um dos policiais responsáveis pelo caso, Mark Brutnell.

Em 2020, o caso foi revisado para ver se o teste genético poderia revelar alguma correspondência. Demorou quase um ano, mas os detetives conseguiram encontrar uma possível correspondência após uma pesquisa nos bancos de dados de DNA no GEDmatch e no FamilyTree, dois serviços frequentemente usados ​​por pessoas que procuram pesquisar seus ancestrais.

Fonte: Insider via Futurism

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.