Fim das tomadas e pilhas? Novo dispositivo recarrega aparelhos eletrônicos

Por Redação | 26.04.2017 às 14:12
photo_camera Shutterstock

A preocupação com a sustentabilidade do planeta vem servindo como inspiração para pesquisadores de diversos setores. Com isso, um dos principais investimentos dos cientistas, atualmente, tem sido encontrar alternativas para as fontes de energia.

Pensando em novas possibilidades portáteis para recarregar dispositivos eletrônicos, um grupo de cientistas conseguiu desenvolver um sistema de captação e armazenamento de energia a partir dos movimentos corporais dos usuários. Já imaginou completar a bateria de seu smartphone enquanto anda? Basicamente, essa é a ideia.

O dispositivo foi criado em cima de outro gadget, o nanogerador triboelétrico (TENG), que é capaz de utilizar a energia mecânica do corpo em movimento para recarregar aparelhos eletrônicos portáteis. O maior desafio dos pesquisadores, enquanto trabalhavam em cima do TENG, foi encontrar uma forma de melhorar a tecnologia do nanogerador que, além de pesado, dependia de horas para recarregar um aparelho de pequeno porte. Felizmente essa dificuldade foi superada.

De acordo com as informações divulgadas, os cientistas conseguiram combinar duas tecnologias que, juntas, alcançam resultado satisfatório. Unindo um supercondensador feito de papel, ouro e grafite com um nanogerador triboelétrico com base, também, de papel e ouro e uma película fluorada de etileno propileno, foi possível recarregar um volt em minutos.

É verdade que a conquista ainda está longe do que todos esperam, mas segundo os cientistas, a capacidade alcançada já é capaz de alimentar a bateria de um relógio ou até mesmo um controle remoto. A expectativa é de que a tecnologia seja aperfeiçoada nos próximos anos para que o dispositivo desenvolvido possa servir, inclusive, como fonte de energia para aparelhos médicos.

Via Startupi