Elon Musk quer levar o homem a Marte até 2025

Por Redação | 29 de Janeiro de 2016 às 11h11
photo_camera Divulgação

Muito em breve, aquela sua viagem um pouco mais extravagante com a família não vai mais ser para a Disney ou para a Europa. Se depender da mente excêntrica de Elon Musk, muito em breve você vai poder pensar em aproveitar suas férias no espaço. Afinal, o famoso entusiasta das viagens especiais e um dos principais nomes por trás da SpaceX acredita que poderemos estar entre as estrelas em pouco menos de uma década.

Durante a StarmeupHK Festival, evento em Hong Kong destinado a startups, Musk comentou um pouco mais dos planos da SpaceX e ainda trouxe algumas promessas bem ousadas para o seu programa espacial. Segundo ele, a companhia está desenvolvendo uma forma de viabilizar missões tripuladas a Marte dentro dos próximos 10 anos e que mais detalhes serão apresentados durante a Conferência Astronômica Internacional (IAC), no final de setembro. Se a tal revelação tiver o mesmo impacto que se espera, é bem provável que o sonho do homem fazer viagens a outros planetas deixe de ser um sonho tão distante assim.

Vale lembrar que a empresa criada por Musk para fomentar a exploração espacial já conta com um projeto de programa que visa levar grandes quantidades de pessoas ao Planeta Vermelho. No entanto, até o momento, pouco foi dito sobre a parte prática do Mars Colonial Transporter, sobretudo como ele seria possível. Assim, o que muitos especulam é que a apresentação da SpaceX na IAC no próximo semestre seja algo nesse sentido. E o bilionário apaixonado pelo espaço não economizou inspiração na hora de justificar seus planos de levar o homem para Marte. Segundo ele, essa é a maior aventura de todas e vai inspirar muita gente.

Elon Musk

Musk diz ainda acreditar que as primeiras missões ao nosso planeta vizinho devem acontecer em meados de 2025 — ou seja, em apenas nove anos. Questionado pelo apresentador da conferência se essa estimativa não é um pouco precipitada, já que estamos quase lá, o bilionário apenas respondeu dizendo que esse período é muito tempo para ele. Tanto que ele completou ao afirmar que acredita poder voar em uma de suas naves Dragon para a Estação Espacial Internacional dentro dos próximos quatro ou cinco anos.

Segundo o executivo, isso já é uma conquista incrível, pois seria a primeira vez que uma pessoa vai construir a sua própria nave, sair do planeta e visitar a estação que orbita em volta da Terra junto de outros astronautas enviados para lá por governos do mundo todo. E ele diz que nem se preocupa tanto com treinamento para isso. Com exceção de alguns voos parabólicos para simular a gravidade zero, Musk diz que não há muito com o que se preocupar, já que não acredita que viver no espaço é algo tão complicado. Para ele, “basta flutuar”.

Via: Ars Technica

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.