Cientistas quebram recorde de distância em teletransporte quântico

Por Redação | 24 de Setembro de 2015 às 09h48

Usando fibra óptica, cientistas do Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia dos Estados Unidos (ou NIST, como é conhecido por sua sigla em inglês) quebraram o recorde de distância percorrida por um teletransporte quântico.

Desta vez, os pesquisadores conseguiram fazer os fótons (pacotes de luz) percorrerem 63 milhas (cerca de 100 km) de fibra óptica. Vale lembrar que, nesses casos, 99% dos fótons se perdem no caminho e nunca completam o trajeto, então os méritos da quebra de recorde são todos dos novos detectores, que conseguem interpretar informações mesmo do fraco sinal luminoso do fóton solitário.

Apesar de parecer pouco, o sucesso desta experiência pode ser um marco no caminho da computação quântica em direção a patamares superiores. Obviamente, um longo caminho se estende diante deste pequeno passo, mas a quebra do recorde já significa que avanços estão sendo feitos.

A longo prazo, o ideal é que esta técnica possa rivalizar com a conexão convencional à internet, por exemplo, que já utiliza milhares de quilômetros em cabos para conectar dispositivos pelo mundo. Um dia, quem sabe, o teleporte quântico possa chegar próximo disso.

Fonte: NIST

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.