Cientistas introduzem circuitos eletrônicos dentro de rosas vivas

Por Redação | 24 de Novembro de 2015 às 08h14

Um grupo de cientistas da Universidade de Linköping, na Suécia, conseguiu inserir um circuito eletrônico dentro de rosas vivas. A equipe conseguiu vencer os obstáculos da experiência, que consistia em inserir fiações e circuitos condutores junto ao sistema de vasos condutores sem matar as plantas. Assim, um circuito eletrônico dentro de uma rosa acendeu íons no interior das folhas da flor.

De acordo com os cientistas, grande parte do trabalho consistiu em encontrar os materiais corretos para que a integração acontecesse sem provocar rejeição ou inflamações. O truque se resumiu em inserir um polímero especial que percorre os fios em todo o tronco, levando eletricidade sem cortar o fluxo de nutrientes da planta.

O grupo realizou pesquisas durante anos e outras tentativas haviam provocado reações fisiológicas nas flores, que tentaram expelir ou neutralizar a fiação inserida. Após o experimento bem-sucedido, os cientistas afirmaram que isso abre caminho para possibilidades futuras que incluem "comandar" funções da planta, bem como servir como "fábrica" para circuitos ou energia via fotossíntese.

Rosas

A descoberta dos pesquisadores também poderia transformar plantas em antenas, sensores e qualquer outra coisa que normalmente exigiria metal. "Com eletrônica integrada e distribuída nas plantas, pode-se imaginar uma gama de aplicações incluindo registro e regulação precisa de fisiologia, captação de energia da fotossíntese e alternativas à modificação genética para otimização das plantas", diz parte do artigo publicado pela equipe sueca.

Via Engadget

Fonte: http://www.engadget.com/2015/11/22/electronic-circuit-inside-rose/http://www.diariodecanoas.com.br/_conteudo/2015/11/vida/tecnologia/243319-cientistas-de-universidade-da-suecia-criam-rosas-ciborgues.html