Cientistas descobrem evidências de que houve uma era glacial em Marte

Por Redação | 27 de Maio de 2016 às 09h28
photo_camera NASA

Uma equipe de cientistas do Southwest Research Institute (SwRI) descobriu evidências de que Marte já teve uma era glacial ao analisar dados coletados pelo Mars Reconnaissance Orbiter, uma sonda enviada pela NASA cuja finalidade é procurar evidências da existência de água no planeta vermelho. Os especialistas concluíram que as mesmas forças que causaram eras glaciais na Terra também agiram em Marte, e que essas forças afetaram diretamente na quantidade de radiação solar recebida nas latitudes do planeta.

“Nós encontramos uma taxa de acumulação de gelo acelerada nos picos entre 100 a 300 metros da calota polar”, explicou Dr. Isaac Smith, pesquisador do SwRI e autor da publicação realizada na revista Science no dia 27 de maio, na qual a descoberta foi documentada. “O volume e a espessura do gelo combina com o modelo previsto no início dos anos 2000. Observações realizadas na calota polar forneceram um histórico detalhado do acúmulo de gelo e da erosão associada à mudança climática”, disse o cientista.

Os cientistas também entenderam que Marte tem ciclos sazonais, juntamente com ciclos mais longos, que têm impacto sobre a distribuição de gelo no planeta. Essas mudanças também ocorrem na Terra, mas, por aqui, elas não são tão impactantes quanto lá. A equipe ainda revelou que a espessura de gelo marciano tinha por volta dos 87 mil quilômetros cúbicos de acumulação em seus polos na época da última era glacial de Marte, o que aconteceu por volta de 370 mil anos atrás, e que a maioria desse acúmulo aconteceu no polo norte do planeta.

De acordo com Smith, “porque o clima de Marte flutua com grandes oscilações na inclinação axial, o gelo seria distribuído diferentemente a cada movimentação e o planeta seria substancialmente diferente no passado do que atualmente. Além disso, porque Marte não tem oceanos nos dias de hoje, o planeta representa um ‘laboratório’ para compreendermos a ciência do clima da Terra”

Fonte: SwRI

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.