Cientistas conseguem levitar objetos usando apenas ondas sonoras

Por Redação | 04 de Novembro de 2015 às 12h45

Pesquisadores das Universidades de Bristol e Sussex, na Inglaterra, trabalharam em parceria com a startup Ultrahaptics para desenvolver o primeiro raio trator sônico capaz de mover objetos usando apenas ondas sonoras.

O raio trator é um velho conhecido da ficção científica e representa uma espécie de viga hipotética de energia que pode ser usada para mover objetos, como naves espaciais, ou mantê-los em estado estacionário. No ano passado, cientistas da Universidade de Dundee construíram um raio trator sônico simples, mas a tecnologia recém-desenvolvida dá ao usuário muito mais controle sobre os objetos dentro do feixe.

Para conseguir mover os objetos sem tocá-los, a equipe de pesquisadores utilizou 64 miniaturas de alto-falantes capazes de criar ondas sonoras de alta-frequência e alta intensidade, gerando o que eles chamam de holograma acústico, que pode levantar, mover, girar e segurar pequenos objetos.

Holograma acústico

No artigo sobre o novo estudo, os pesquisadores apresentam três diferentes formatos de campos de força acústicos que podem atuar como raios tratores: um que funciona como uma espécie de pinça capaz de agarrar e mover objetos com precisão em torno de um espaço; outro que atua como um turbilhão sonoro que atrai e prende os objetos; e uma gaiola de alta intensidade que cerca e move objetos a partir de todas as direções.

Por meio de um comunicado, Sriram Subramanian, professor de Informática da Universidade de Sussex e cofundador da Ultrahaptics, disse: "Com nosso dispositivo, manipulamos objetos suspensos no ar de uma forma que parece desafiar a gravidade. Nele, controlamos individualmente dezenas de alto-falantes para obter uma solução otimizada na geração de um holograma acústico que pode manipular objetos em tempo real sem contato físico".

A tecnologia criada pode levitar objetos com tamanho entre 0,6 e 4 milímetros, e o limite máximo é determinado pela frequência das ondas sonoras – quanto menor for a frequência, maior pode ser o objeto manipulado. Como as frequências sonoras podem ser facilmente alteradas, existe potencial de uso de megahertz (MHz) para mover uma célula, assim como de kilohertz (kHz) para levantar uma bola de praia.

"Futuramente, pensamos em trabalhar para levitar uma bola de praia a 10 metros de distância. Mas do meu ponto de vista, as aplicações realmente interessantes estão na manipulação de partículas pequenas que estão dentro de nosso corpo", explica um dos autores do estudo, Asier Marzo. "Isto é possível porque o som pode viajar através da água ou do tecido humano. Isto permite a potencial manipulação de coágulos, pedras nos rins, cápsulas de drogas, instrumentos de microcirurgia ou células dentro do nosso corpo sem qualquer incisão".

Raio trator

O raio trator criado pelos pesquisadores ainda não é capaz de atrair naves espaciais, como em Star Trek, mas faz um bom trabalho em sua versão "mini" (Foto: Reprodução / Internet)

Fontes: Revista Nature, Wired

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!