China está prestes a iniciar sua maior missão espacial tripulada

Por Redação | 18.10.2016 às 20:56
photo_camera AP Photo/Ng Han Guan

A China está investindo bastante em exploração espacial. Dois astronautas nascidos lá já atracaram a Estação Espacial chinesa, a Tiangong-2, e estão prontos para dar início à mais longa jornada do país até o espaço. Serão 30 dias (o dobro de tempo, se comparado à última missão chinesa) realizando experimentos científicos em busca de informações valiosas. Todo o empenho chinês pode levar o país a ser uma das maiores nações exploradoras do mundo.

No último domingo, os astronautas Jing Haipeng e Chen Dong lançaram a cápsula Shenzhou-11 a partir do foguete Long March-2F, diretamente do deserto de Gobi. Em apenas dois dias, o foguete já alcançou a estação espacial chinesa, que, como o nome indica, é a segunda do país asiático e está ativa no espaço há apenas um mês. A primeira estação, aliás, foi lançada em 2011 e usada em duas missões tripuladas, de 15 dias de duração.

A ideia da China com suas estações Tiangong é crescer cada vez mais no ramo da exploração espacial, inclusive levando missões progressivamente maiores para o espaço. E por falar nisso, é possível que a Tiangong-1 se aposente e saia de órbita em um futuro muito próximo. Já a Tiangong-3 deverá ser enviada ao espaço em 2020, dependendo do sucesso da Tiangong-2.

O primeiro astronauta chinês chegou ao espaço em 2003, e desde então, o país não para de trabalhar firme em projetos espaciais. A ideia é conseguir enviar tripulações de três pessoas em foguetes próprios. Vale lembrar que os chineses estão tão empenhados em tornarem-se referência mundial em exploração espacial que já conseguiram enviar e pousar com sucesso uma sonda na Lua. Segundo essa linha, o próximo passo é enviar uma sonda a Marte.

A Administração Espacial Nacional da China não é muito de falar sobre suas missões futuras, aliás. No entanto, alguns relatórios mostram que uma nova missão tripulada deve chegar à Tiangong-2 no meio do processo. Já em 2017, outra missão tripulada (já com os três astronautas citados anteriormente) deve alcançar a estação espacial, porém em um tempo mais curto que 30 dias.

Via TechCrunch