Startup inicia campanha no Kickstarter para sequenciamento de genoma completo

Por Redação | 23.09.2014 às 17:42

A startup GeneHub, de San Francisco, lançou hoje (23) uma campanha no site de financiamento coletivo Kickstarter com o objetivo de oferecer aos colaboradores as informações completas da sequência do genoma. O investimento? US$ 3.490.

Este tipo de sequenciamento do genoma normalmente é realizado apenas por instituições de pesquisa. Algumas empresas que oferecem o serviço, como a 23andMe, realizam testes conhecidos como SNOs, onde apenas um subconjunto do genoma humano é analisado e não é completo. As empresas que costumam realizar o sequenciamento completo normalmente não destinam seus serviços aos consumidores finais.

A GeneHub informou ao site Re/Code que pretende ter dois focos. Terceirizar o sequenciamento para vários laboratórios, mas com número suficiente para que valha a pena o investimento, enquanto o próprio GeneHub ficará responsável por questões regulatórias e hospedagem de dados para os consumidores poderem acessar e baixar o próprio genoma completo.

O serviço da GeneHub, no entanto, não inclui análises interpretativas dos dados, assim como análises de ascendência como ocorre com outras empresas do setor, como 23andMe e Ancestry.com.

O chefe executivo da empresa, Hampton Catlin, afirma que o serviço não é mainstream, e que atualmente não é possível descobrir muitas informações sobre a saúde a partir destes sequenciamentos. No entanto, ele acredita que conforme mais informações sejam coletadas e analisadas seremos capazes de identificar “grandes insights escondidos em nossos genomas”.

A GeneHub pretende alcançar ao menos US$ 125 mil por meio da campanha e pretende dar um retorno rápido aos apoiadores, com coleta até o final do ano e resultados dentro de oito semanas. No futuro, o objetivo é estender as ferramentas oferecidas, com colaboração com outros pesquisadores e aplicativos para a plataforma. As informações sobre o genoma são mantidas privadas, no entanto, as pessoas terão, no futuro, opções seguras para compartilhá-las com pesquisadores.

O objetivo de Catlin é que a iniciativa da GeneHub incentive uma maior demanda por testes de genoma e que ocorra uma queda nos preços, impulsionando o desenvolvimento do campo.

Para Hank Greely, diretor do Centro para Lei e Biociência da Universidade de Stanford, não há uma garantia da confiabilidade dos resultados. Segundo ele, ainda não é garantido que o sequenciamento do genoma não produz erros, ou milhares de erros se pensar em cada DNA baseado em um milhão de pares. Para ele ainda não é possível certificar que este tipo de sequenciamento gere informações precisas.

Fonte: http://recode.net/2014/09/23/kickstarter-campaign-aims-to-democratize-full-genome-sequencing/