Startram: um trem que levará pessoas ao espaço no ano de 2032

Por André Fogaça | 23 de Março de 2012 às 18h00

Os mesmos designers e projetistas que criaram os trens que são movidos por magnetismo, trouxeram outro olhar sobre o futuro das viagens espaciais. Com o nome de Startram, o novo projeto tem a missão de levar até quatro milhões de pessoas à órbita da Terra dentro de simples trens, tudo isso para 2032.

Trem ao espaço

As pessoas serão levadas ao espaço sideral por meio de cápsulas, que trafegarão em um tubo selado de 128 quilômetros de extensão. Este tipo de viagem, com pessoas, pode ser a melhor forma para levar o turismo espacial para mais e mais humanos, mas o trem também pode levar carga para a Estação Espacial Internacional ou qualquer outra instalação de terráqueos fora da Terra.

O problema do projeto é o custo: US$ 60 bilhões (aproximadamente R$ 109 bilhões). O que pode transformar o conceito em realidade é que este valor pode ser financiado por vários países e empresas que teriam o interesse neste turismo, como faz a Virgin.

Se você eliminar a possibilidade de levar pessoas, o custo da obra cai para US$ 20 bilhões, o mesmo que custou levar o homem à Lua com o projeto Apollo, da NASA. O lado cargueiro pode despertar interesse de investidores da própria NASA, já que cada quilo de material enviado ao espaço custa hoje US$ 22 mil, com o trem o custo cairia - segundo seus criadores - para míseros US$ 40.

Interessante, não?

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.