Russos acreditam ter encontrado nova forma de vida em lago na Antártida

Por Redação | 10 de Março de 2013 às 14h05
photo_camera Opera Mundi

Pesquisadores russos anunciaram nesta quinta-feira (7) que podem ter encontrado uma nova forma de vida em lago subglacial na Antártida, que pode ter permanecido intocada por mais de 14 milhões de anos. Os cientistas passaram mais de um ano realizando perfurações e somente no final do ano passado conseguiram ultrapassar a grossa camada de gelo e atingir o lago Vostok, recolhendo amostras da água. As informações são do site International News.

O lago Vostok foi encontrado a uma profundidade de aproximadamente 3.700 metros e pode ajudar os pesquisadores a encontrar indícios de como era o planeta Terra antes da Era do Gelo, além de fornecer pistas sobre formas de vida que podem ser encontradas em outros planetas. "Após excluir todos os contaminantes conhecidos, foi achado um DNA bacteriano que não bate com o de nenhuma espécie conhecida nas bases de dados mundiais", explicou Sergei Bulat, do Instituto de Física Nuclear de São Petesburgo.

Os cientistas trabalham, agora, na identificação e classificação desse novo DNA encontrado em uma região isolada do planeta - países como Estados Unidos e Reino Unido também realizam expedições para estes pontos remotos da Terra, em uma tentativa de encontrar novos indícios de vida. A semelhança máxima encontrada pelos pesquisadores entre o DNA catalogado das bactérias e o encontrado no lago é de 86%, um nível de 90% normalmente indica que o organismo é desconhecido.

As amostras colhidas foram retiradas da água que congelou na ponta da máquina de perfuração. "Uma nova amostra, recolhida ainda mais profundamente, foi retirada em fevereiro e chegará a São Petesburgo em maio. Se voltarmos a identificar o mesmo grupo de organismos naquela amostra de água pura, então podemos dizer com confiança que encontramos nova vida na Terra", concluiu Bulat.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.