Projeto da NASA enviará ao espaço mini satélites equipados com aparelhos Android

Por Redação | 24 de Agosto de 2012 às 12h00

Depois do sucesso da sonda Curiosity, a NASA acaba de anunciar um novo projeto: a agência planeja enviar à órbita terrestre mini satélites equipados com aparelhos Android, o PhoneSat. O novo projeto faz parte da iniciativa CubeSat Launch, que acopla pequenos aparelhos eletrônicos em nano satélites.

O PhoneSat, que ainda não tem data prevista para ser lançado ao espaço, foi construído utilizando smartphones Nexus One e os satélites medem o equivalente a uma caneca de chá ou café. O projeto irá construir dois tipos diferentes de mini satélites e eles serão enviados ao espaço em épocas diferentes.

De acordo com o Space Technology Program, o primeiro modelo, intitulado PhoneSat 1.0, possui poucas funcionalidades e a ideia dos pesquisadores é observar se um smartphone é capaz de completar curtas missões espaciais. A agência também quer observar se o satélite será capaz de enviar dados e imagens do espaço com sucesso, com a ajuda do smartphone.

O modelo 2.0, por sua vez, será equipado com um Samsung Nexus S e terá mais funcionalidades do que a versão anterior. O satélite será equipado com duas vias de banda de rádio, painéis solares e um receptor GPS. O sinal de rádio permitirá que o satélite seja controlado da Terra e os painéis solares permitirão que a unidade embarque em uma missão mais longa.

Além disso, o PhoneSat 2.0 também será equipado com bobinas de eletroímãs, que interagem com o campo magnético terrestre. Os modelos de mini satélites deverão ser lançados no foguete Antares ainda em 2012.

A equipe de pesquisadores da NASA está trabalhando neste projeto há alguns anos e testando a capacidade de resistência dos aparelhos. Em julho de 2010, dois aparelhos Nexus One foram enviados para o espaço para que os pesquisadores pudessem observar as reações do dispositivo em grandes altitudes e altas velocidades. Um dos aparelhos foi totalmente destruído devido a um acidente com o foguete, mas o outro chegou completamente intacto à Terra. O PhoneSat 1.0 também já foi testado em uma câmara térmica a vácuo com mesas de vibração e de impacto, e o mini satélite obteve cem por cento de aprovação para ser enviado ao espaço.

Cada PhoneSat custa aproximadamente US$ 3.500 para ser construído.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.