Novo voluntário testa exoesqueleto que será usado na abertura da Copa do Mundo

Por Redação | 20 de Maio de 2014 às 08h49

Na última sexta-feira (16), o neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis publicou em sua página do Facebook um vídeo do projeto "Andar de Novo". O objetivo do projeto é fazer um exoesqueleto que devolva a capacidade de andar a um jovem com deficiência física, que dará o pontapé inicial no jogo entre Brasil e Croácia, na abertura da Copa do Mundo de 2014. "Momento histórico: oitavo voluntário caminha pela primeira vez com o exoesqueleto e desfruta da sensação de andar novamente", exaltou o cientista na publicação na rede social.

O equipamento deve permitir que pessoas paraplégicas consigam andar novamente, controlando o aparelho por meio de comandos emitidos pelo cérebro. O exoesqueleto é desenvolvido a partir de uma colaboração internacional entre a Universidade de Duke, nos Estados Unidos; o Instituto de Tecnologia de Lausanne, na Suiça; o Insitituto Internacional de Neurociências de Natal Edmond e Lily Safra (IINN-ELS), além da Universidade da Califórnia e a Universidade de Kentucky, também nos Estados Unidos.

Ao todo, oito voluntários da Associação de Assistência à Criança com Deficiência (AACD) foram treinados para testar o equipamento. Como pode ser visto no vídeo abaixo, o voluntário deve seguir a linha marcada no chão para voltar a dar os primeiros passos. Confira:

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.