'Nariz' eletrônico identifica substâncias nocivas no ar

Por Redação | 23 de Agosto de 2012 às 11h40

Todas as pessoas que vivem em cidades grandes sabem como o ar que respiramos já não é mais tão puro assim, certo? Mas, você sabe quantas substâncias nocivas à sua saúde estão espalhadas pela atmosfera? Um professor de engenharia química da Universidade da Califórnia, Estados Unidos, criou um 'nariz' eletrônico capaz de identificar diversas substâncias tóxicas no ar.

De acordo com o CNET, a tecnologia criada por Nosang Myung poderia ser aplicada em diversos tipos de ambientes como, por exemplo, instalações industriais para identificar vazamentos de gás, na agricultura para detectar o nível de pesticidas na plantação e em campos de batalha, permitindo que militares identifiquem a presença de gases letais.

O protótipo, que já está sendo fabricado pela Nano Engineered Applications, é equipado com um chip de computador, entradas USB e sensores de temperatura e umidade do ar. A versão 2.0 do 'nariz' também já está sendo produzida e será capaz de sincronizar seus dados com um smartphone via Bluetooth e com o GPS do dispositivo móvel.

Medindo de 4 a 8 polegadas, o aparelho foi construído usando nanotubos de carbono e tem uma matriz multi-canal para identificar os elementos nocivos. O sistema é capaz de identificar 8 toxinas diferentes em pequenas quantidades.

Por enquanto, o 'nariz' eletrônico ainda não está disponível no mercado, mas os pesquisadores planejam diminuir o tamanho do aparelho, chegando a ter o mesmo tamanho de um cartão de crédito comum. Com isso, eles planejam que seu sistema seja utilizado em peças de roupas ou até integrado a smartphones.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!