NASA realiza testes na Curiosity após curto-circuito

Por Redação | 10.03.2015 às 13:54

No dia 27 de fevereiro, a sonda Curiosity sofreu um curto-circuito que afetou seu braço robótico utilizado para coleta de fragmentos. Por questão de segurança, engenheiros e cientistas da NASA "congelaram" o braço com problemas. Eles esperam que a Curiosity volte a funcionar integralmente no início da próxima semana.

O acidente aconteceu quando a sonda estava transferindo uma amostra de pó coletado das formações rochosas de Marte para outros instrumentos de análise. O curto-circuito transitório durou menos de 1/100 de segundo, mas foi o suficiente para desarmar os disjuntores do rover.

Desde então, a Curiosity está parcialmente paralisada, enquanto os engenheiros realizam uma série de testes para encontrar o problema, conforme destaca o site Extreme Tech. Na última quinta-feira (05), o sistema de broca do braço robótico apresentou novamente o mesmo defeito durante os testes.

Os especialistas acreditam que o sistema de broca está com dificuldades para realizar certos movimentos, pois o braço da Curiosity não faz apenas uma rotação para perfurar as rochas, mas seu sistema também inclui um elemento percussivo que serve para martelar as superfícies. Um curto-circuito nesse subsistema poderia impedir a broca de operar com máxima eficiência ou restringir sua operação a tipos específicos de material. Além disso, a broca pode passar a operar apenas quando o braço robótico da Curiosity estiver em determinadas posições.

Fato é que o impacto em longo prazo desse problema sobre o funcionamento do rover ainda é incerto. Grande parte da missão da Curiosity em Marte consiste em detectar produtos químicos orgânicos e os níveis de metano na região, trabalhos esses que precisam do auxílio da broca.

Curiosity

Sonda Curiosity em Marte (Imagem: NASA)

A Curiosity pousou em Marte em agosto de 2012, e essa não é a primeira vez que ela apresenta problemas técnicos. Logo no início de 2013, a sonda apresentou uma falha no sistema que exigiu a ativação do segundo computador de bordo.