Japoneses criam robô nadador para ajudar no resgate de pessoas

Por Redação | 31.07.2012 às 13:45

Pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Tóquio, no Japão, desenvolveram o primeiro robô humanoide nadador, para ajudar no resgate de pessoas e no patrulhamento de costas marítimas. O Swumanoid, junção das palavras swimmer (nadador, em inglês) e humanoid (humanoide, em inglês), também poderá ajudar no desempenho de atletas.

De acordo com o Zee News, o Swumanoid foi criado utilizando um scanner 3D, para realizar o mapeamento completo do corpo e das articulações humanas. O mecanismo ajudou os pesquisadores a criarem um robô capaz de nadar perfeitamente nos estilos livre e costas .

Motomu Nakashima, chefe do projeto de pesquisa, afirmou que a ideia principal para a criação do robô é auxiliar no regaste de banhistas desatentos nos mares da costa japonesa, já que o robô é capaz de fazer inúmeros movimentos repetitivos sem se cansar, diferente de um ser humano.

Segundo o Daily Mail, o robô, que tem metade do tamanho de um homem, é alimentado por 20 motores elétricos à prova d´água que são controlados por um computador. Os motores, por sua vez, são distribuídos entre os membros superiores, inferiores e cintura.

O Swumanoid é capaz de nadar seis metros em apenas um segundo, um terço abaixo do último recorde batido por um ser humano na natação, e deverá ganhar um novo par de pernas para nadar o estilo peito.

Acredita-se que, até 2016, data das próximas Olimpíadas que serão realizadas no Rio de Janeiro, o robô esteja completo e possa ajudar nos estudos para a confecção de materiais aquáticos para atletas.

O Swumanoid também poderá ser utilizado em pesquisas com materiais esportivos para natação