Irã tentará enviar macaco ao espaço novamente, afirma reportagem

Por Redação | 17.01.2013 às 16:26

As autoridades espaciais iranianas anunciaram recentemente que irão realizar uma nova tentativa de enviar um macaco vivo ao espaço já no próximo mês, segundo informações do site local Mehr News. Aparentemente, o Irã teria falhado em sua tentativa de enviar um macaco ao espaço à bordo do foguete Kavoshgar-5 em 2011, no entanto, o país não revela o que aconteceu de errado em sua missão.

"A fase de testes das cápsulas capazes de transportar seres vivos já terminou e os macacos que serão enviados ao espaço estão de quarentena", afirmou Hamid Fazeli, diretor da Agência Espacial do Irã. "Os macacos serão enviados ao espaço de acordo com o calendário das comemorações do Fajr - período de 10 dias no começo de fevereiro, quando é celebrado o aniversário da revolução iraniana".

Com base nas similaridades entre humanos e macacos, as autoridades esperam avaliar as reações do corpo e as condições físicas da viagem para, assim, poderem avaliar como eles irão planejar a ida do homem ao espaço. Se a missão se concretizar com sucesso, o Irã poderá ficar mais próximo de sua meta de enviar o homem ao espaço até 2020 e um astronauta para a Lua até 2025.

Projeto espacial Irã

Reprodução: Telegraph

Nos últimos anos, o país do Oriente Médio obteve muitos sucessos em sua empreitada espacial. Em fevereiro de 2009, eles enviaram o primeiro satélite; o foguete Kavoshgar-3, que levou ao espaço uma tartaruga, um rato e uma minhoca, foi lançado em 2010; e entre 2011 e 2012, o Irã colocou seus primeiros satélites de observação na órbita terrestre.

O programa espacial iraniano vem sofrendo uma série de críticas de países ocidentais que consideram que a tecnologia estudada e aplicada pelo governo local em seu projeto espacial possa estar relacionada com suas incursões no desenvolvimento de mísseis balísticos de longo alcance. O governo, no entanto, nega as acusações.