Implante 3D substitui 75% do crânio de um homem

Por Redação | 12 de Março de 2013 às 07h30

A impressão 3D é uma tecnologia que tem evoluído rapidamente, e agora ela pode criar próteses personalizadas para diversas partes do nosso corpo. No início dessa semana, um homem norte-americano não identificado teve 75% do seu crânio substituído por um implante impresso em 3D.

Segundo informações do site TechNewsDaily, o implante foi feito pela Oxford Performance Materials, uma empresa biomédica que fica em Connecticut, Estados Unidos. A substituição óssea levou apenas cinco dias para ser fabricada, de acordo com o CEO da companhia, Scott Defelice.

O implante, impresso para corresponder ao crânio do paciente, é feito de PEKK, um polímero de alto desempenho que é mecanicamente semelhante ao osso e é osteocondutor, o que significa que células ósseas vão crescer e se ligar a pequenos detalhes sobre a sua superfície.

Implante 3D no crânio

Imagem: Reprodução / Oxford Performance Materials

O implante não interfere em equipamentos de raio X - ele mostra-se como uma sombra sobre a imagem, mas é transparente. A novidade torna a ideia do implante mais atraente para os pacientes com tumor do que uma placa de metal tradicional, que impede o médico de ver através de um raio X. O tratamento pode ser usado para substituir o osso canceroso no crânio, vítimas de acidente de carro e pessoas com traumatismo craniano.

"Se você pode substituir um vazio ósseo na cabeça de alguém ao lado do cérebro, você tem uma plataforma muito boa para o preenchimento de vazios ósseos em outros lugares", disse o CEO da Oxford Performance Materials.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.