Experimento quer descobrir se universo é um holograma

Por Redação | 29 de Agosto de 2014 às 08h55

Pode o universo ser um grande holograma? Talvez essa ideia pareça muito improvável, mas é justamente isso o que um grupo de físicos está tentando responder a partir de um experimento chamado Holometer. O grupo de pesquisadores é do Fermilab, laboratório especializado em física de partículas de alta energia dos Estados Unidos, que divulgou o estudo em seu site.

A ideia básica da teoria segue algo com o qual já estamos familiarizados. Quando você chega bem perto de uma TV, por exemplo, consegue ver pixels, pequenos pontos que, quando unidos, são capazes de formar uma imagem perfeita de acordo com a distância do observador. Para o líder da pesquisa, o cientista Craig Hogan, as informações dispostas no universo podem estar reunidas da mesma forma que os pixels na TV.

Teoria holograma

Segundo a teoria defendida por Hogan, todas as informações contidas no universo podem estar codificadas em pequenos pacotes de duas dimensões. Para Hogan, o tamanho do “pixel” natural presente no universo seria 10 septilhões de vezes menor que um átomo.

Devido ao minúsculo tamanho, o espaço seria quântico e não estaria imóvel. Ele sofreria flutuações que o fariam vibrar. Dessa forma, o objetivo do experimento Holometer é tentar medir essas flutuações para que seja possível descobrir se o universo é mesmo um holograma.

Os dados da pesquisa serão coletados no próximo ano e, segundo Hogan, caso seja descoberto algo novo, as ideias sobre o espaço que temos pensado por milhares de anos irão mudar. Para o cientista, um dos objetivos do experimento é descobrir se o espaço-tempo é um sistema quântico e se se comporta como a matéria.

Fonte: http://www.fnal.gov/pub/presspass/press_releases/2014/2-D-Hologram-20140826.html

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!