Computador tem a mesma inteligência de uma criança de 4 anos, revela estudo

Por Redação | 19.07.2013 às 14:16

Pesquisadores da inteligência artificial e natural da Universidade de Illinois em Chicago, Estados Unidos, decidiram testar o QI de um dos melhores computadores de inteligência artificial para identificar qual a idade correspondente à sua capacidade. Foi constatado que ele é quase tão inteligente quanto uma criança de quatro anos.

A equipe da UIC colocou o ConceptNet 4, um sistema de inteligência artificial desenvolvido pelo MIT (Massachusetts Institute of Technology), para realizar um teste de QI intitulado Weschler Preschool and Primare Escale of Intelligence Test, que é voltado para crianças pequenas. Com isso, eles descobriram que a inteligência do ConceptNet 4 é, em média, similar à de uma criança de 4 anos, mas, diferentemente das crianças, a pontuação da máquina se apresentou muito desigual em determinados momentos do teste.

"Se uma criança apresentar pontuações com tantas variações no teste, isso pode ser um sinal de que algo está errado", afirmou em comunicado oficial Robert Sloan, professor e chefe do departamento de ciência da computação na UIC. Sloan disse que o computador se saiu muito bem em testes de vocabulário e reconhecimento de similaridades, mas seu desempenho não foi dos melhores na compreensão de perguntas com "por quês".

Os pesquisadores em inteligência artificial revelam que um dos problemas mais difíceis de serem resolvidos na construção de um computador inteligente é torná-lo capaz de tomar decisões prudentes e usando o bom senso com base em uma análise simples da situação e dos fatos. O senso comum, ou seja, o conhecimento implícito que temos sem nem sabermos como entendemos determinado assunto ou resposta, é algo muito difícil de ser replicado pelas máquinas.

"Todos nós sabemos um número enorme de coisas", explicou Sloan. "Quando bebês, nós começamos a engatinhar e a puxar muitas coisas, e descobrimos que as coisas caem. Nós puxamos algumas coisas e percebemos que cães e gatos não gostam de ter seus rabos puxados. A vida é um ambiente de aprendizado muito rico. Ainda estamos muito longe de conseguirmos desenvolver programas com senso comum e com capacidade de compreensão e resposta de uma criança de oito anos".

Robert Sloan e seus colegas pretendem apontar os pontos difíceis na pesquisa em inteligência artificial com os resultados obtidos com o ConceptNet 4.