Cientistas dizem que metano de Marte não vem de organismos vivos

Por André Fogaça | 01 de Junho de 2012 às 11h05

Se você estava animado e preparado para encontrar homenzinhos verdes vindos de Marte, é bom pensar em outro lugar. Cientistas descobriram que o metano que existe no Planeta Vermelho não vem de organismos vivos, mas sim de meteoritos que caíram naquele solo ao longo do tempo.

Marvin Marciano

O metano de Marte foi descoberto há nove anos e a presença dele na atmosfera do planeta sempre foi ligada à mesma origem do gás na Terra: organismos vivos. Mas pesquisadores do Instituto de Química Max Planck, em parceria com universidades de Edimburgo e Utrecht, na Holanda, perceberam que o metano de lá não vem do mesmo lugar do que temos aqui.

Meteoritos ricos em carbono e poeira interplanetária podem emitir este gás quando estão em contato com a atmosfera e a radiação ultravioleta que existe no planeta.

Ao contrário da Terra, Marte não conta com a camada de ozônio e toda a atmosfera marciana é muito mais fina do que a nossa. Este conjunto de fatores faz com que qualquer material que queira entrar no planeta não queime antes de encostar-se ao solo e a falta da camada de ozônio faz com que toda a radiação ultravioleta entre e chegue ao solo do planeta sem filtros.

A equipe de pesquisadores recriou as condições atmosféricas de Marte em um pequeno meteorito que caiu na Austrália em 1969, muito similar aos que caem no planeta vermelho. Ao irradiar a rocha com ultravioleta, o metano foi emitido quase que instantaneamente. Quanto mais quente ficava, mais metano saía. Isso explica a concentração do gás na zona equatorial de Marte, que é mais quente que os polos - assim como na Terra.

Esta pesquisa não elimina a possibilidade de vida em Marte que possa produzir metano, mas torna esta teoria cada vez menos possível. A sonda Curiosity, que deve chegar ao planeta em agosto deste ano, deve responder ainda mais perguntas como esta. E você, também torce pela vida alienígina lá fora?

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.