Cientistas anunciam cura da leucemia

Por Redação | 27 de Março de 2013 às 12h40

Cientistas da Universidade da Pennsylvania, nos Estados Unidos, publicaram esta semana um estudo na revista New England Journal of Medicine, atestando que conseguiram curar uma criança com leucemia linfocítica aguda. Esta é uma das formas mais complicadas da doença.

Emily Whitehead, a garota da foto abaixo, foi diagnosticada com leucemia aos cinco anos de idade. Os tratamentos convencionais não surtiam mais efeito, fazendo com que os pais da garota, Kari e Tom Whitehead, procurassem o tratamento experimental como alternativa.

Emily Whitehead

O experimento, realizado em abril de 2012, consistiu no seguinte: com a ajuda de um vírus, as células do sistema imunológico da menina foram geneticamente reprogramadas para matar as células cancerígenas e combater a doença. Um ano depois, o procedimento deu certo e agora Emily está livre da leucemia.

Por outro lado, os resultados ainda não apresentam 100% de eficácia em outros pacientes – um deles, inclusive, morreu após se submeter ao mesmo tratamento. Contudo, os médicos acreditam que a medida pode, no futuro, substituir o transplante de medula óssea, um método mais difícil e arriscado de tratar a doença, além de ajudar na cura de outros tipos de câncer, como da mama e da próstata.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.