Buzz Aldrin: 'Primeiros humanos em Marte devem ter passagem só de ida'

Por Redação | 10 de Julho de 2014 às 11h25
photo_camera Foto: Divulgação

Não é de hoje que Buzz Aldrin, astronauta que foi o segundo homem a pisar na Lua, vem defendendo a possibilidade dos humanos colonizarem Marte. E nesta quarta-feira (09), ele voltou a falar sobre o assunto e até mesmo afirmou que a viagem para o planeta vermelho deveria ser só de ida. A notícia foi veiculada pelo Gizmodo.

Confira a declaração de Aldrin, divulgada no Reddit:

"Estive considerando a possibilidade de um desembarque em Marte ser realizado pelo setor privado. Isso entra em conflito com minha forte ideia, conceito, convicção, de que os primeiros seres humanos a pisar em Marte não deveriam voltar para a Terra.

Você tem que querer permanecer desde o começo. Sei que muitas pessoas não pensam desta forma. Alguns até mesmo consideram isso como uma missão suicida. Eu não. Não mesmo. Porque vamos planejar, construir em uma lua de Marte, num período de seis a sete anos e levar diferentes objetos para o local de desembarque, que se transformará num habitat completo em Marte, com laboratório, semelhante ao que foi feito na Lua."

Muitos são simpáticos às ideias de Aldrin e há até mesmo um projeto de colonização de Marte, o Mars One, que afirma ter registrado mais de 200 mil voluntários para a seleção do programa. A NASA por enquanto não parece investir nisso agora.

Fonte: http://gizmodo.com/buzz-aldrin-the-first-humans-on-mars-should-never-come-1602094895

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.