Astrônomos descobrem a maior estrutura do universo

Por Redação | 11 de Janeiro de 2013 às 18h10

Uma equipe de astrônomos da University of Central Lancashire, na Inglaterra, descobriu a maior estrutura do universo encontrada até hoje. Trata-se de um grupo de quasares com quatro bilhões de anos-luz de diâmetro.

Os quasares se formam a partir de núcleos de galáxias extremamente antigas. Estas estruturas emitem um brilho intenso, o que as torna visíveis até mesmo em distâncias enormes, por um período entre 10 e 100 milhões de anos. Os quasares tendem a se unir em estruturas conhecidas como LQG (Large Quasar Groups).

Segundo informações divulgadas pelo TGDaily, a estrutura encontrada é tão grande que desafia as teorias atuais da cosmologia. O princípio cosmológico assume que o universo, quando visto em uma escala suficiente grande, parece o mesmo, independente de onde é observado.

Quasar

Quasar (Imagem: TGDaily)

Com base neste princípio, os cálculos sugerem que os astrofísicos não devem ser capazes de encontrar uma estrutura de 1,2 bilhões de anos-luz no universo. Porém, contrariando a teoria, o recém-descoberto LQG possui uma dimensão representativa de 1,7 bilhões de anos-luz, e, por ser alongado, sua maior dimensão é de quatro bilhões de anos-luz.

"Embora seja difícil entender a dimensão desse LQG, podemos dizer que com certeza é a maior estrutura já vista em todo o universo", diz o Dr. Roger Clowes, da University of Central Lancashire. "Mesmo viajando à velocidade da luz, seriam necessários 4 bilhões de anos-luz para atravessá-lo. Isto é importante não apenas pelo seu tamanho, mas também porque ele desafia o princípio cosmológico, que tem sido amplamente aceito desde Einstein", completa o pesquisador.

Dr. Clowes diz que sua equipe está pesquisando casos semelhantes, o que adiciona ainda mais peso a este desafio. E eles vão continuar investigando estes fenômenos fascinantes e intrigantes.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.